Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home | Noticias | Blog PHD | Charges | Colunistas | Competicoes | Especiais | 

Cruzeirenses pelo Mundo | Torcedor do Futuro | Servicos | Quem Somos 

*** AVISO - PODCASTs, NOTÍCIAS E COLUNAS DE OPINIÃO ESTARÃO, a partir de 26 de JULHO de 2020 no Blog PHD ***
Cruzeiro.Org - 25 anos



A Bela e a Bola
Clítia Milagres escreve às quintas-feiras

01/10/2009 | Clítia Milagres
"Nostalgia"

Assistindo aos últimos jogos do campeonato brasileiro, seus resultados, acontecimentos e polêmicas me bateu uma certa nostalgia...

Assistindo aos últimos jogos do campeonato brasileiro, seus resultados, acontecimentos e polêmicas me bateu uma certa nostalgia... e olha que nem sou tão velha assim e o meu entendimento futebolístico tem apenas alguns anos.

Desde pequena sempre gostei de futebol mas o interesse não era lá essas coisas, afinal futebol não era coisa pra menina, mas sempre estava ligada no assunto e me fascinava ver os lances espetaculares que aconteciam... cada partida era a certeza de um show de habilidade, de belos gols e comemorações surpreendentes.

Ah... e os gols de falta? Como adorava ver, aliás, gosto até hoje, mas antigamente... se tinha falta perto da área, dependendo do time e do jogador, era gol na certa e aquele gol lá na gaveta com 800 megatons como diz Dario, o “Dadá maravilha”.

Assistia muito aos jogos do Flamengo com meu pai na década de 80, e não tinha nada melhor e mais espetacular que ver o Zico ajeitando a bola com todo carinho, colocando na marca e se preparando para chutar, se não fosse gol, com certeza a bola passava bem perto e fazia todo mundo levantar.

Não posso deixar de citar também outros grandes batedores: Nelinho, Roberto Dinamite, Marcelinho Carioca, Juninho Pernambucano, Rivelino, Eder Aleixo, Neto...

E hoje??? Ah...tem Rogério Ceni, o goleiro(?), e já faz um tempinho que não marca. O que está acontecendo? Será falta de treino, de prioridade ou falta de habilidade mesmo?

Só sei que o futebol hoje, está simplista demais. Habilidade não é mais tão importante, é sim um pré-requisito que fica lá pelo 3° ou 4° lugar de importância.

Hoje, mais do que nunca o futebol, é resultado e conta com a colaboração externa, o espetáculo do futebol-arte ficou para trás, coisa do passado.

Jogador hoje tem que ser “raçudo”, tem que ter corpo (massa) e ser marcador, a habilidade se tiver é bom... ajuda.

Ah, que saudades do futebol de outrora! Amor à camisa e ao time. Isso nem existe mais, é amor ao dinheiro(só), dinheiro é ótimo, não resta dúvida, mas e aquela vontade de vencer, de sentir a alegria da torcida gritando seu nome, a vibração de um estádio inteiro comemorando o gol? Cadê?

A emoção de uma partida já não existe mais, com algumas análises e um certo senso prático acerta-se o resultado fácil, fácil. Isso não quer dizer que um time seja muito melhor do que o outro, basta saber a quem interessa e quanto vale o resultado, aí é contar com a ajudinha do juiz e tá tudo resolvido. A participação dos jogadores resume-se a apenas entrar em campo e fazer a bola correr.

O tempo passa e as “coisas” realmente mudam, faz parte do ciclo de vida de tudo e de todos, e isso é bom, mas acredito que a magia do futebol... essa não pode e nem deve mudar.

Inté!

Apaixonada pelo Cruzeiro, mãe de dois lindos filhos, formada em Letras e Pedagogia e trabalha com Cerimonial e Eventos.
abelaeabola@cruzeiro.org

Leia também as colunas anteriores A Bela e a Bola

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 elder3celeste | Santa Maria | 01-10-09 11h43min
CLÍTIA, realmente é triste essa certa decadência contemporânea. O motivo principal não é, ao meu ver, a falta de talentos, mas a mudança de pensamento das pessoas que comandam o futebol. Por exemplo, hoje não temos um meia de classe na seleção (apesar do Kaká ser um grande jogador), enquanto o Alex e o Juninho Pernambucano estão por aí, jogando em times medianos.
 elder3celeste | Santa Maria | 01-10-09 11h46min
Essa mudança de pensamento, está destruindo o futebol. Eu fico pensando que muitos jogadores, como Dirceu Lopes, Ademir da Guia(não cheguei à vê-los), ou até um Djalminha hoje seriam preteridos, para que um Júlio Baptista jogasse. Por isso que o Gilberto vem me enchendo os olhos, pois ele é um dos poucos, que ainda jogam mais bola do que correm.
 Bráulio Araújo | Salvador | 01-10-09 22h55min
Paixão no futebol já há alguns anos ficou restrita a torcida. São raros os jogadores que jogam por amor a um clube. Essa tal de poligamia futebolística virou algo muito comum no mundo e vai continuar assim. Depois que descobriram que esse é um esporte que move fortunas, espere tudo, menos amor ao futebol. O jogador admite que o interesse maior é ir para a Europa para a famosa independência financeira, fazendo do clube nacional mero trampolim...(continua)
 Bráulio Araújo | Salvador | 01-10-09 23h06min
Ou seja, ficar milionário virou causa e não consequência. Todos sabemos disso e nos acostumamos a esperar que esse determinado jogador venha, cumpra seu papel e que logo depois vá embora e se possível rendendo uma boa grana para o clube. Até debates acalourados acompanhei esses dias entre torcedores em um fórum discutindo que time vendeu melhor que o outro. O jogador continuará pensando dessa forma ou será forçado a agir assim, seja por empresários ou dirigentes. Tem que fazer caixa!
 eu_sô_cruzeiro_meu | BH | 04-10-09 21h10min
CLITIA- naõ sei se vc tem minhaidade, mas EU sim posso ter muita saudade de quando a bola era bem tratada, que meio de campo era pra dominar a partida e não pra maltratar a bola. A partida CEC x Avai que acabou a pouco foram 22 jogadores brigando com a bola, e no fim do jogo, vários dos nossos já se arrastavam em campo, como JOHNNATAN, M.PARANÁ, GILBERTO, FABRÍCIO, D.RENAM. vai se mil vezes lá na cabeça e não se recebe uma bola que preste.
 eu_sô_cruzeiro_meu | BH | 04-10-09 21h13min
(Cont 1) faz se 1 gol, e não se consegue fazer um contra-golpe> o WP não recebe 1 bola que preste, se não jogasse era melhor. deve ser duro o cara só ver bola ruim no pé a aprtida toda, depois reclamar dele, como? GILBERTO é guerreiro, é batralhador, ele junto com o FABRÍCIO estão empurrando o time. O resto inventa demais e jogo coletivo desaparece em chutes bizonhos, em passes ruins, errados, em má vontade ou sei lá o que, ruindade mesmo. Isso é culpa do ABAP? Não, claro que não.ABS/ART
 azul celeste bh | Não definido | 13-10-09 13h54min
Clítia,o Cruzeiro e torcedores tem boas recordações dos craques de antigamento,do passado distante e do passado presente.Clítia,vc quer q/o Cruzeiro se classifique prá Libertadores?Eu quero,os jogadores querem,o AB quer,o ZZPerrela quer.TODOS QUEREMOS E SE TODOS QUEREM TODOS TORCENDO PRO CRUZEIRO.Responde aí Clitia...Saudações celestes.Vamos fazer uma corrente pro Cruzeiro se classificar prá Libertadores.
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
26/07 - 07h00 [1 coment.]
Cruzeiro.Org muda o foco de seu conteúdo e serviços 

10/07 - 11h07 [2 coment.]
COLAPSO: ´Má Gestão x Má Fé` por Sérgio Santos Rodrigues 

10/07 - 07h07 [0 coment.]
CENTENÁRIO: CBF marca jogo contra o Cuiabá (MT) dia 2 de janeiro 

10/07 - 06h49 [1 coment.]
COLAPSO: Aumento das despesas de salários em 50% com Wagner Pires 

09/07 - 19h34 [0 coment.]
CENTENÁRIO: Vinte anos do TRI na Copa do Brasil na Toca 3 

09/07 - 19h17 [0 coment.]
COVID-19: CBF define calendário. Série B encerrará em 30 de janeiro 

08/07 - 12h42 [0 coment.]
COVID-19: Cruzeiro prioriza Toca 3 mas avalia sede no interior 

07/07 - 19h29 [0 coment.]
COVID-19: FMF define retorno do Mineiro 2020 para 26 de julho 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster