Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.
De Jure - Coworking



Voz da Arquibancada
Voz da Arquibancada é o espaço de manifestação permanente do torcedor cruzeirense.

16/08/2017 | Voz da Arquibancada
Janela e Direito Econômico

Por Fernando Stein ( CLIQUE AQUI para ler e comentar )



Salve, Salve guerreiros...

Estamos em plena janela de transferências, e aconteceram várias especulações e sondagens, em cima jogadores de vários clubes brasileiros. É algo normal, inerente ao negócio futebol, mercado onde a venda do Direito Econômico (DE) sobre jogadores constitui uma das mais expressivas fontes de receita.

Também é normal a gritaria dos torcedores quando seus times de coração cogitam vender atletas, afinal, torcedor geralmente só percebe o aspecto esportivo e não considera a preocupação em pagar as contas do seu time, isso é papel das diretorias. São também bastante comuns as inúmeras avaliações sobre quanto vale cada atleta, recheadas de subjetividade, como se o preço do DE fosse determinado pelo clube vendedor e não pelo mercado.

Ao fazer propostas, clubes compradores ou seus agentes avaliam fatores relevantes como sua capacidade de investimento, idade do jogador, destaque recente, histórico extra-campo, histórico de lesões, biótipo físico, polivalência de posições, expectativa de crescimento e principalmente convocações para as seleções brasileiras de base e principal. Também influi bastante o interesse do atleta em se transferir.

O preço de mercado também depende da posição em campo: por isso atacantes e meias, posições que exigem maior condição técnica, são sempre mais valorizados que volantes, zagueiros e goleiros, por exemplo.

Também é importante entender que o clube tem percentuais de direitos econômicos diferentes de cada jogador. São informações públicas, obrigatórias por norma do Conselho Federal de Contabilidade, divulgada nos balanços anuais das instituições esportivas. Os balanços do Cruzeiro Esporte Clube ficam no site oficial.

Raramente um determinado clube detém 100% do DE de um atleta, pois a maioria dos que chegam oriundos dos trabalhos de scout e observação técnica são frutos de parcerias entre o clube comprador e outros clubes formadores (ou seus agentes representantes).

Quando se ouve falar que o Cruzeiro detém 35% do DE de algum atleta significa que, no momento da contratação, optou-se por dividir o risco do jogador não dar certo, pagando menos que o clube de origem pedia, mas oferecendo em contrapartida a divisão do possível lucro numa revenda. Isso aconteceu, por exemplo, na contratação do Ezequiel junto ao Criciúma.

Em muitos casos, o Cruzeiro conseguiu não pagar nada pela vinda do atleta, mas se comprometeu a dividir o lucro numa revenda. Isso aconteceu, por exemplo, na aquisição do Gonzalo Latorre, ainda em idade juvenil, junto ao seu ex-clube, o Atenas. E acabou não vingando na base do Cruzeiro e foi emprestado.

Cessões de percentuais de DE também são rotineiramente usados pelos clubes em renovações de contrato de atletas, para que não sejam obrigados a dar aumento tão substancial de salários quanto aquilo que foi pleiteado. Na prática funcionam como elementos de negociações com jogadores, agentes, clubes parceiros e família dos atletas.

Também é comum que, em momentos mais abastados, clubes comprem parte do DE de atletas mais promissores que estavam em posse de parceiros.

Até o momento o Cruzeiro negociou o empréstimo do Gabriel Xavier para o Nagoya Grampus, do Japão e a venda do Allano para o seu clube atual o Estoril de Portugal, venda da parte do DE relativo ao Marinho ao Changchun Yatai da China e compensação da ida do Ramón Abila ao Boca Juniors. Foram negociações oportunas, de jogadores que não estavam mais nos planos, mas os valores não resolvem os problemas de caixa do momento.

Importante também observar que a negociação do Neílton foi realizada com o artifício chamado ´sell on`, ou seja, o Cruzeiro não negociou todos os 85% do DE que detinha. Manteve 10%. Isso significa o seguinte: se hipoteticamente Neílton for revendido no futuro, o Cruzeiro terá direito a 10% deste valor.

Ao longo do ano de 2016 e 2017, o Cruzeiro já recusou algumas propostas por Arrascaeta (mais de uma), Alisson e outros. É preciso reconhecer que a diretoria está seguindo à risca a promessa de valorizar nossos ativos e não se submeter às primeiras ofertas, mesmo diante de toda dificuldade financeira do momento. Mas quem vai determinar até onde essa corda estica é um conjunto de fatores, dentre eles a percepção do mercado para o investimento, a necessidade financeira imediata do nosso clube e os possíveis leilões entre clubes compradores que desejam os atletas do Cruzeiro.

É importante o torcedor entender que não adiantaria ter um time promissor em campo com salários em atraso, pois isso enfraqueceria nossa competitividade. Bem como não adiantaria somar pontos no Campeonato Brasileiro e perdê-los por não pagamento do PROFUT, algo que pode acontecer pelas novas regras da CBF. Desempenho esportivo e saúde financeira são engrenagens totalmente encadeadas, que precisam andar juntas.

Eduardo Stein

Voz da Arquibancada é o espaço dedicado ao torcedor da arquibancada, geral e de toda imensa torcida espalhada pelo mundo. O Cruzeirense que se sentir motivado, inspirado e/ou indignado, escreva seu texto e envie para arquibancada@cruzeiro.org. A equipe Cruzeiro.Org terá o prazer de selecionar os textos recebidos e publicar os melhores e mais apropriados.

Leia também as colunas anteriores Voz da Arquibancada

As opiniões e declarações aqui expressas são de inteira responsabilidade do autor. O Site Cruzeiro.Org não responde por nenhuma opinião assinada.

Comentários:  Clique aqui e faça seu comentário sobre a coluna

 pyxis | BHZ | 16-08-17 15h08min
Vou chutar até a corda estica...
Se ganha Wagner, GPT estica o cordo até o ano que vem.
Se ganha Sérgio, GPT arrebenta a corda, vende tudo que puder, negocia o DE que puder e faz CAIXA... revertendo o prejuízo CRIMINOSO dos último anos até em lucro...
Vamos ver se estou chutando muito diferente do que a tensão necessária para estivar uma corda.
Parabéns pela abordagem... faltaram alguns esclarecimentos, mas foi ótimo!
 Eduardo Stein | Belo Horizonte | 16-08-17 15h42min
Pyxis, fico lisonjeado com o elogio e concordo com tudo que você disse no comentário. Abs
 S@muel | Jaboticatubas | 16-08-17 16h47min
Como anda essa história de PROFUT, hein?!! Acho que farra vai continuar clube nenhum vai ser punido por gestão temerária coisa nenhuma. Inclusive, se forem cobrar mesmo, a gente tá fu.. Não?
 Fernandao_Br | Belo Horizonte | 16-08-17 17h07min
Comento com os parceiros de Mineirão desde o início do ano. O Cruzeiro tinha a obrigação de readquirir percentuais maiores do Arrascaeta (hoje é 30%) e renovar o contrato dele. Jogadores de alguns países são mais valorizados. O momento certo de vender o Arrascaeta é depois da Copa, principalmente se ele usar a `10´ do Uruguai. O país vizinho tem população pequena e dificuldade em substituir gerações de jogadores, o que favorece o nosso ativo. Difícil é esperar alguma visão do Gilvan e os seus.
 pyxis | BHZ | 17-08-17 15h21min
Stein, como eu disse, faltaram alguns esclarecimentos no seu texto. Alguns detalhes que colocam por terra a sua teoria.
Por exemplo, você diz que um clube nem sempre tem 100% de DE. OK!
Entretanto cita o Delatorre como adquirido pelo Cruzeiro ´sem custos`.
De onde você garimpou esta informação??? A diferença entre o que você diz e que eu tenho de informação é R$10 mi. Um erro gravíssimo do GPT que aumentou o ROMBO do Cruzeiro de 10 MILHÕES de REAIS
Vc pode esclarecer?
 Eduardo Stein | Belo Horizonte | 23-08-17 08h48min
Pyxis
Te garanto que sua informação é falsas sobre os 10K. Publique as provas por aqui.
 pyxis | BHZ | 23-08-17 09h42min
Stein,
´publique as provas aqui`???? RSRSRSRS
Vc manda um B4B4C4 falar por você e vem com ´publique` as provas aqui????
Façamos o seguinte, embola ele e você evamos para uma aposta.
Eu vou a um cartório na frente d um Tabelião e apresento a aposta (uma pena que você e seu ´parça` virtual NUNCA colocam nome verdadeiro e identificação de email no cadastro do Cruzeiro.Org)
cont ...
 pyxis | BHZ | 23-08-17 09h45min
...
mas você e ele assumindo a aposta, cuide de se informar ALÉM da cópia do contrato a que você tem acesso. CUIDE de verificar se não houve NENHUMA contabilização de PAGAMENTO de R$10mi a título de direitos do referido jogador... Lembre-se que os valores contabilizados é o que é apresentado à RFB... Você tem acesso aos lançamentos contábeis EFETIVADOS e não estornados? Procure ter e garanta a aposta ao seu ´pupilo`.
Vou continuar aguardando... Não mostro nada para ANÔNIMOS...
 pyxis | BHZ | 23-08-17 09h49min
...
E mais, caso a prova que eu tenho sobre esta contabilização de R$10mi, referente ao Latorre, e você tenha a sua cópia de contrato, você vai complicar a vida de muita gente... Já pensou... um contrato que fala que o Cruzeiro não pagaia nada pelos DE do Latorre e uma contabilização de R$10mi? e um prejuízo administrativo DESVIADO contabilmente para as categorias de base de mais de R$17mi...
Vamos lá... CORAGEM !!! VALE APOSTA !!! Mostra tua cara !!!
 Eduardo Stein | Belo Horizonte | 23-08-17 10h27min
Quando um amigo conselheiro nato indicou esse site a semanas atrás, pensava que todos respeitassem a opinião dos outros. Um espaço democrático. Agora, acusa de ´parça` virtual?... I demand respect, PLEASE!
 pyxis | BHZ | 23-08-17 15h07min
Stein, desculpe se estou te confundindo... escrevi diretamente para você (abertamente) sobre ´maiores esclarecimentos`. Não me lembro de você ter respondido.
Neste ínterim, um sabaquá teleguiado, que há muitos anos não mora em BH, vem me desafiar dizendo que alguém (supus que fosse você) disse que eu mentia e que me desafiava... eu respondi que só mostro provas se houver uma APOSTA.
Não sei quem é seu amigo... Sei que só mostro provas com APOSTA
cont ...
 pyxis | BHZ | 23-08-17 15h10min
...
Você tá zoando quando pede que eu apresente provas aqui para uma coisa que você escreveu e que não corresponde à realidade.
Fica assim, vc diz que não existe um centavo sequer contabilizado como DE do Latorre e eu digo que foram contabilizados R$10mi sobre direitos pagos pelo Latorre.
Pra mim é justo. Mas se alguém vier falar que eu minto, desafio à vontade... e chamo a todos de ´parças` de quem tem opinião contrária.
cont ...
 pyxis | BHZ | 23-08-17 15h13min
...
Achou ruim? Vai em um cartório e toma providências...
Eu não tenho nada a perder e tô de saco cheio de rábulas (concursados ou não) e fazendo ameaças (que não fazem parte das prerrogativas desta categoria) e ferrando com tudo e com todos no país.
Completa seu cadastro aqui ao menos... Fica mais de acordo com o Marco Civil da Internet.

P.S. Se tiver alguma dúvida sobre Marco Civil e outros procedimentos sobre tecnologia e Direito, consulta algum universitário.
 pyxis | BHZ | 23-08-17 15h18min
Sobre exigir respeito...
Sua opinião e manifestação foi respeitada e publicada na íntegra.
Ninguém é obrigado a concordar com você e muito menos a se manifestar.
Da minha parte manifesto quando quero e como quero...
ISTO É RESPEITO à sua opinião. Tem gente que acha que respeito é ficar calado. COMIGO NÃO! (ainda mais se tenho informação CONTRÁRIA).
Assim, se você tivesse acompanhado a SUA coluna e a matéria publicada, respeitaria mais os outros.
cont...
 pyxis | BHZ | 23-08-17 15h21min
E você desrespeita a minha opinião (daí a minha trépica mais raivosa) quando diz que não digo a verdade (supondo que a sua informação seja a verdade absoluta) e que EU devo apresentar as provas... apresente as suas (NA CONTABILIZAÇÃO E NÃO EM CONTRATOS)...
Pesquisa lá... veja se não existe lançamento sobre despesas para Latorre... Qq coisa sobre isso, só apostando... vale a MINHA credibilidade...
 Ronito | Marilia | 30-08-17 18h20min
Mais um Cruzeirense que não volta mais! Uma pena, Eduardo! Nãos nos conhecemos, mas temosas mesmas opiniões sobre as falácias... sem provas não há argumentos!
 Lista/Chat Cruzeiro 

Assinar Lista-Cruzeiro

 Publicidade 

 Notícias   
20/11 - 07h30 [0 coment.]
Zagueiro Léo lançará livro ´A Quinta Estrela` sobre a CopaBr´17 

19/11 - 12h33 [1 coment.]
Sada Cruzeiro FA vira nos minutos finais e garante-se no Brasil Bowl 

19/11 - 11h46 [1 coment.]
Cruzeiro prossegue no Brasileiro em busca de melhor posicionamento 

18/11 - 17h37 [1 coment.]
Líder da Superliga, Sada Cruzeiro vence clássico citadino por 3 a 0 

17/11 - 19h32 [1 coment.]
Cruzeiro assegura três dos seus cinco patrocinadores para 2018 

17/11 - 08h26 [1 coment.]
Jogadores do Cruzeiro começam a se manifestar sobre salários 

17/11 - 07h19 [1 coment.]
Sub23 faz campanha pífia e é eliminado do Brasileiro de Aspirantes 

16/11 - 19h02 [1 coment.]
FMF demonstra toda a sua parcialidade na tabela do Mineiro´18 

>> Mais noticias

Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster