Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

ATENÇÃO COM SUA SENHA
Caso você tenha dificuldade com sua senha, peça uma NOVA. Se não receber uma nova, nos avise.

 Atualizado em 18-10-17 21h57min  |  Fonte: Hoje em Dia (MG) |  Qtd Leituras: 5567
Cruzeiro faz hoje 84 anos de fundação

O Cruzeiro comemora hoje 84 anos de fundação e, apesar das mais de oito décadas de vida, a história cruzeirense é uma incógnita para a grande maioria dos seus torcedores. Com uma torcida nova, formada basicamente nos últimos 40 anos, o período do clube como Societá Sportiva Palestra Itália, que durou até 1942, é desconhecido e a maioria das pessoas que transita pelo centro de Belo Horizonte não sabe que pode estar passando em frente a um local que faz parte do início da trajetória palestrina.

A fundação do Palestra aconteceu num ponto de muito trânsito de pedestres, na Rua Tamóios, entre Rio de Janeiro e São Paulo. Ali funcionava a Societá Italiana di Mutuo Soccorso Dante Aligieri, que depois passou a ser a Casa d'Italia. Em 1942, com a entrada do Brasil na Segunda Guerra Mundial, lutando ao lado dos aliados, ela foi desapropriada.
Primeiro, o prédio abrigou a Assembléia Legislativa de Minas Gerais. Depois, foi a Câmara Municipal de Belo Horizonte. Na década de 70, foi demolido e construído um estacionamento. Hoje, funciona no local um hotel.

A primeira sede do Palestra Itália ficava ali perto. Era na Praça Sete, num prédio que já foi demolido e deu lugar a um espigão, que até pouco tempo abrigou o Bemge e que está sendo preparado para receber uma Secretaria de Estado.
Era ali que a colônia italiana realizava suas concorridas festas, como relata o sociólogo Jorge Santana no livro 'Páginas Heróicas, Onde a Imagem do Cruzeiro Resplandece': “Na vida social, os bailes e horas dançantes na sede da Praça Sete rivalizavam com as festas dos clube da elite da cidade."

Da Praça Sete, a sede palestrina passou para o Palacete Lunardi, que ficava na Rua dos Caetés. O presidente era um integrante da família homônima, Lídio Lunardi, que comandou o clube em 1931 e 1932. Apesar de estar encravada num ponto em que os árabes, historicamente ligados ao Atlético, reinam, a Rua dos Caetés faz parte da história cruzeirense. Foi na Casa Ranieri, que não existe mais e que funcionava na Rua dos Caetés quase esquina com Rua Espírito Santo, que aconteceram as primeiras reuniões de italianos que resultaram na fundação do Palestra Itália.

No final da década de 20 e início da de 30, no período do amadorismo marrom, para terem seus salários recebidos de forma legal, vários jogadores do Palestra eram registrados como funcionários da Casa Falci, que ficava bem próxima dali, na Avenida Afonso Pena 529, e era de propriedade de Antônio Falci, presidente do clube entre 1929 e 1930.

Depois do Palacete Lunardi, o Palestra teve sua sede transferida, em meados da década de 30, para a Rua Espírito Santo, 501, salas 1 a 3, num prédio que não existe mais, com o local sendo ocupado por um grande banco.

O Palestra fincou suas raízes no Barro Preto, onde morava grande parte da colônia italiana de Belo Horizonte, em 23 de setembro de 1923, quando inaugurou o seu estádio, onde hoje funciona um clube social. O jogo foi contra o Flamengo e terminou empatado por 3 a 3. Mas as relações com o Barro Preto já eram bem anteriores. No bairro havia um clube, o Yale, que contava com grande número de jogadores italianos. Com a fundação do Palestra, eles, literalmente, atravessaram a rua.

O campo do Yale ficava onde hoje está localizado o Fórum Lafayete e com a debandada dos italianos para o Palestra, o clube não durou muito e acabou fechando as portas. Apesar de fazer parte da história do Palestra, pois o primeiro time foi formado basicamente por jogadores oriundos da sua equipe, justamente por essa situação, o Yale foi o primeiro rival palestrino.

Hoje, o Barro Preto segue fazendo parte da vida cruzeirense. Além da antiga sede da Rua Guajajaras, o clube tem outra na Rua Timbiras, um prédio moderno e inaugurado recentemente. Os 84 anos serão comemorados com uma missa, às 20h, na Igreja de São Sebastião, há duas quadras do antigo estádio da Societá Sportiva Palestra Itália, na antiga Avenida Paraopeba, hoje Augusto de Lima.


Time quer pelo menos mais três reforços

A diretoria do Cruzeiro passa a trabalhar, à partir de amanhã, para que pelo menos mais dois reforços para a temporada 2005 se apresentem quinta-feira, na Toca da Raposa II, quando o grupo que será comandado pelo técnico Levir Culpi começa a fazer exames médicos e testes físicos.
As três contratações que estão mais adiantadas são as do goleiro Fábio, do Vasco, do zagueiro Marinho, ex-Atlético-PR, e do atacante Jean, do Flamengo. Com Fábio, o Cruzeiro já tem inclusive salários acertados, mas falta um acordo com Alex Dias, que será envolvido na negociação.
O zagueiro Marinho é dono dos seus direitos federativos e negocia diretamente com o clube.

Já Jean teve seus direitos econômicos adquiridos pelo laboratório EM Sigma Pharma, parceiro cruzeirense, e pode ser considerado um reforço certo para este ano.


Eliane Pessoa - Consultora RH

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 wilsonflavio | China Azul | 17-02-06 16h05min
 pyxis | BHZ | 02-04-06 06h22min
Comentário de Notícia Antiga - TESTE .
 Twitter 

 Notícias   rss
18/10 - 06h11 [0 coment.]
Wagner Pires confirma contratação de Djian para diretoria de futebol 

17/10 - 20h06 [1 coment.]
Cruzeirenses pagarão R$70 para verem a partida no Couto Pereira 

17/10 - 19h00 [1 coment.]
Zagueiro Arthur estende seu vínculo com o Cruzeiro até mar/2021 

17/10 - 18h41 [1 coment.]
Campeonato Brasileiro Sub-23 (Aspirantes) com dez clubes 

17/10 - 17h54 [2 coment.]
Fábio Brostel assume o comando da categoria sub-14 do Cruzeiro 

16/10 - 18h23 [1 coment.]
Finais de conferência do Brasileiro de Futebol Americano definidas 

16/10 - 10h55 [0 coment.]
Atletismo do Cruzeiro é destaque nas provas do final de semana 

16/10 - 08h55 [1 coment.]
Base tropeça na reta final dos estaduais de cada categoria 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org© 1999-2017 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster