Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** Se tiver problemas com sua senha, clique em ESQUECI MINHA SENHA e receba uma nova ***

 Atualizado em 21-04-19 23h13min  |  Fonte: Superesportes |  Qtd Leituras: 856
De olho no sétimo tri

De olho em seu sétimo tricampeonato mineiro, o Cruzeiro estréia no Estadual, contra o Democrata-SL, hoje, às 16h, no Mineirão, com um time mais competitivo do que o que terminou a campanha do ano passado. Está baseado em Edu Dracena, Athirson, Maldonado e Fred, que representam futebol forte na defesa, no meio-campo e no ataque, e criatividade. Eles serão tão importantes para a equipe, que terão funções múltiplas: os quatro vão também cobrar as faltas.



Com exceção do atacante, que está em início de carreira e nunca conquistou um título como profissional, todos são vencedores: Maldonado, o capitão celeste, foi campeão chileno pelo Colo Colo (1998), paulista pelo São Paulo (2000), brasileiro (2003) e mineiro (2004) pelo Cruzeiro. Athirson, um dos líderes da nova equipe, é bicampeão carioca pelo Flamengo e venceu a Copa Conmebol de 1998 pelo Santos. Edu Dracena ganhou os três títulos de 2003 pelo Cruzeiro (da Copa do Brasil, brasileiro e mineiro) e o estadual de 2004. “Chegou a hora. O grupo está bem preparado e unido. É o nosso momento”, avisa Fred.



Eles conhecem pouco a história do Cruzeiro em estaduais. Nem recordam quando o time foi tricampeão pelo última vez (1998). Mas sabem que a tradição mostra que, desde 1990, a equipe não termina uma temporada sem, pelo menos, uma conquista. E, para este ano, as expectativas são muitas, pois o time entra nas quatro competições – Campeonatos Mineiro e Brasileiro, Copas do Brasil e Sul-Americana –, segundo o técnico Levir Culpi, com estrutura para disputar e ganhar todos os títulos: “Nosso grupo está reforçado. Ainda teremos complementos, mas podemos esperar o melhor”.



Levir foi campeão mineiro em 1995 pelo Atlético, e em 1996 e 1998, pelo Cruzeiro. O técnico acredita que os estaduais servem como termômetro para as temporadas. Maldonado pensa da mesma forma. Lembra que a rivalidade estadual motiva ainda mais. Athirson, com três semanas de preparação, considera-se muito à vontade: “Poucas vezes me senti com tanta segurança como agora. O time é bom, o grupo está unido e a torcida pode esperar os resultados”. Fred, um dos destaques dos treinos, com gols de todos os jeitos, provando que tem tudo para se transformar numa estrela em 2005, reconhece que a ansiedade é grande: “É bom o torcedor acreditar, pois nos dá confiança, porque queremos muito para esta temporada. Os sonhos são de todos nós”.



O grupo atual foi escolhido a dedo. Ontem, o técnico foi claro, ao dizer que, além do currículo, o que determinou a sua formação foi o caráter de cada atleta.



Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
21/04 - 13h57 [2 coment.]
Cruzeiro sai perdendo e torna-se campeão com gol de Fred 

20/04 - 07h14 [0 coment.]
Cinco curiosidades do Cruzeiro para a final do Mineiro contra o rival 

20/04 - 06h39 [0 coment.]
Estaduais podem mudar para atender interesses da Rede Globo 

19/04 - 17h47 [0 coment.]
Árbitros reconhecem problemas com uso do VAR no Brasil 

18/04 - 07h32 [0 coment.]
Sada Cruzeiro encerra temporada 2018/19 com três títulos  

17/04 - 19h19 [0 coment.]
Cruzeiro avança às semifinais da Copa do Brasil Sub-20 com empate 

17/04 - 18h25 [0 coment.]
Cruzeiro apresenta réplica sobre acusação em caso de aliciamento 

16/04 - 00h15 [1 coment.]
Balanço será votado pelo Conselho e traz registros preocupantes 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster