Olá visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

Cruzeiro.Org - o único espaço virtual onde o debate é privilegiado. Opinião "formada" fica para depois - Manifeste-se !!!

 Atualizado em 23-11-14 05h00min  |  Fonte: Estado de Minas |  Qtd Leituras: 6105
Patrocínio

O Cruzeiro espera divulgar, no máximo, até o dia 20, o nome do patrocinador de sua camisa nos próximos dois anos. Entre as seis empresas interessadas, há multinacionais, com sede no Brasil. A informação de que a LG teria sido escolhida e pagaria R$ 7 milhões anuais ao clube agitou os concorrentes. O telefone do diretor de marketing, Antônio Claret Nametala, não parou de tocar ontem, com representantes das empresas querendo saber se realmente a escolha fora feita. O dirigente disse que os coreanos têm chance, mas não há nada decidido. Ele está reestruturando o setor. Depois da escolha do patrocínio, sua missão será abrir conversações com grupos dispostos a uma parceria para a construção do estádio cruzeirense. Este ano, o clube renovou os contratos de licenciamento de sua marca, do cartão 5 estrelas, da revista e da loja CruzeiroMania, que, em breve, terá uma filial na Savassi.

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 João Duarte | Vitória | 11-03-06 08h34min
O Cruzeiro deverá conseguir um pouco mais que estes R$ 7 Milhões / ano da LG... Porque não fazer um contrato de performance indexado à conquista de títulos ?
Quanto mais exposição da marca, maior faturamento...Seria justo não ?
A midia paulistana é mais forte, mas, não se pode esquecer que Minas é o 2° estado mais populoso do Brasil e que o Cruzeiro é dono da maior torcida aqui, mas, também cresce a nível nacional, onde está em 6° lugar e é ascendente.
É preciso nos valorizar mais.
 João Duarte | Vitória | 11-03-06 08h38min
O São Paulo merece os tais R$ 15 milhões, pois, é TRI mundial, campeão da Libertadores e do Paulista, e tem um bom time... Mas, porque o Cruzeiro não pode chegar a pelo menos 70% do faturamento dos paulistas ?. Pode até começar com 7.5 M / ano, mas, se ganhar o Mineiro, e chegar às finais da Copa do Brasil, Sul-Americana e Brasileiro, teria que receber um bônus extra. Esta é a melhor proposta na minha opinião.
E a forma mais justa de trabalhar inclusive o grupo de jogadores. DESEMPENHO !!!
 helton | brasilia | 11-03-06 08h49min
concordo joao. Inclusive desempenho hoje e cobrado ate de servidor publico porque nao cobra-lo de times, jogadores e tecnicos.
 alex10cruzeiro | Passos | 11-03-06 08h51min
Bom dia joâo.... sua ideia é muito boa, teoricamente muito correta, mas tem um porém: com o time que temos, não vamos a lugar algum desse. Se ganharmos o mineiro tá muito bom. E eu achei os valores muito bons. Tem que levar em consideração que estamos em baixa ha 2 anos, que não temos um bom time, que o mineiro é um lixo..... quando fomos campeões de tudo, ganhamos 4, agora são 7. Acho que tá de bom tamanho.
 alex10cruzeiro | Passos | 11-03-06 08h54min
Mas tem que haver cláusulas de bonificação em caso de título, isso tem em todo lugar, o tal do "bixo".
 helton | brasilia | 11-03-06 09h18min
as empresas comerciais definem a cota de patrocinio mediante uma expectativa de exposiçao da marca levando em conta possibilidade de titulos e visibilidade. Isso tudo e discutido antes do contrato. se a espectativa do time e maior do que a da empresa esta ai a razao da bonificaçao.Concordo com o joao.
 João Duarte | Vitória | 11-03-06 09h22min
Grandes Helton & Alex10,
Concordo que 7.5 M / ano seja justo para o momento atual do Cruzeiro, porém, o importante seria criar o desafio. Fazer algo a longo prazo que possa refletir o retrato da hora, dando estabilidade orçamentária ao clube com regras pré-definidas e jogo claro, sem subterfúgios.
Trabalho numa empresa que tem regras de participação nos resultados muito transparente e isto facilita muito na obtenção da adesão interna de todos os funcionários. É este modelo (continua)
 João Duarte | Vitória | 11-03-06 09h27min
É este modelo que gostaria de ver aplicado no nosso CRUZEIRO.
Ter desempenho e metas factíveis de serem alcançadas, com desafio inserido no contexto.
No caso da CST-ARCELOR é 2% do EBITDA ou 12% do Valor adicionado, o que for menor, condicionado a um Retorno sobre o Capital Empregado (ROCE) > 15%. Em média têm sido 6 salários / ano de participação nos resultados. Ótimo, não ?.
è preciso às vezes oxigenar as práticas gerenciais, estabelecendo o ganha-ganha nas negociações. Concordam?
 helton | brasilia | 11-03-06 09h34min
joao, comente a noticia do kerlon. Gosto das suas analises. A sua coluna e um sucesso. Primeiro porque comenta temas atuais e depois apaixonadamente relembra momentos historicos. Eu estava no grupo dos primeiros a colocar o seu nome em votaçao para ser colunista do site. hoje e um sucesso e ganha do neuber e muitos outros, voce tem muito futuro, apesar de fazer por hobbie, porque demonstra amor e entusiasmo pelo cruzeiro.Gostaria tambem de comentar o 4-3-3 do PC. Acho que melhor o 4-4-2.
 helton | brasilia | 11-03-06 09h38min
Acho que o melhor esquema, atualmente, e o 4-4-2. A minha critica ao PC e em treinar em um esquema e depois jogar no outro. Respeito o treinador mas importantes jogadores como gil e o elber (se nao me engano) preferem jogar com dois volantes.Alias ninquem gosta de marcar. precisamos de um jogador como mineiro do sao paulo.
 João Duarte | Vitória | 11-03-06 09h39min
Hélton
Já fiz o comentário, conforme o seu pedido. E muito obrigado pelo incentivo. Falra do Cruzeiro é lago que me dá muito prazer, sempre...
 Isaac | Guarapari | 11-03-06 10h34min
João concordo com sua política de patrocínio de certa forma comissionado por conquista. Porém vamos lemgrar que em Minas a Zona da Mata torce pros times do Rio e o sul de MG e o Traingulo pros times de Sampa...e nossa mídia é deste tamaninho!!!
 ParaibanoCruzeirense | Guarabira | 11-03-06 11h18min
Finalmente o Patrocinador tá chegando, a camisa tá pelada sem patrocinio.Espero que seja a VISA ou a LG mesmo.Agora os 7 milhões tá bom.Mas em minha opinião deveria ser dado um prêmio de mais um milhão em caso de título.600 mil entre o Jogadores e o Resto pra instituições de caridade e categorias de base.Não seria mais justo assim?????
 PP | Formiga | 11-03-06 14h40min
Não entendo o porque da Fiat não entrar nessa parada do patrocínio. É marca de carro mais vendida no Brasil, está localizada em Minas Gerais, ou então o Stúdio Camaleão do grande Rapozaço, KKKKKKKKKKKmaleão......
 couto de andrade | Belo Horizonte | 11-03-06 15h09min
O provinciano Estado de Minas, o pombal do Diário da Tarde e o www.super(ficial)esportes deviam fazer isso com mais frequência, que é repercurtir reportagens publicadas na Folha de S. Paulo. Jornal ético, imparcial e com profissionais preocupados em informar, o jornal paulista tem muito o que ensinar pra esses órgãos da roceira imprensa mineira.
 Twitter 

 Notícias   rss
22/11 - 16h49 [7 coment.]
Vinte e dois guerreiros para a batalha que pode valer um TETRA 

22/11 - 13h54 [4 coment.]
Motivação x Acomodação. Comemoração pode definir decisão na quarta 

22/11 - 13h17 [6 coment.]
Justiça parcial a favor do time visitante e PM faz nova vistoria 

22/11 - 13h06 [2 coment.]
Toca da Raposa II recebe centenas de torcedores para acompanhar treino 

22/11 - 12h54 [1 coment.]
Cruzeiro disponibiliza mais 200 ingressos para jogo deste domingo 

21/11 - 19h24 [10 coment.]
Destaque em virada celeste, Willian Farias revela drama pessoal 

21/11 - 19h14 [3 coment.]
Vencendo o Goiás, Cruzeiro ultrapassa desempenho obtido em 2013 

21/11 - 18h43 [6 coment.]
Ingressos esgotados para a partida que pode valer o título brasileiro 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2014 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster