Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** Se tiver problemas com sua senha, clique em ESQUECI MINHA SENHA e receba uma nova ***

 Atualizado em 22-05-19 03h51min  |  Fonte: Superesportes/UAI |  Qtd Leituras: 1136
Mano traça estratégia e minimiza ´Conversa para boi dormir`

Mano Menezes quebrou a rotina de falar apenas às sextas-feiras e concedeu nesta terça-feira, véspera do jogo contra o Grêmio, entrevista coletiva na Toca da Raposa II.

O treinador falou a respeito da estratégia de sua equipe visando ao confronto de quarta, às 21h45, no Mineirão, pelo duelo de ida das semifinais da Copa do Brasil.

De acordo com Mano, o Cruzeiro trabalha com o objetivo principal de vencer a partida. Em segundo plano está a possibilidade de conquistar um placar dilatado e, de preferência, sem sofrer um gol sequer.

“Com relação à prioridade, a primeira é ter uma vantagem; a segunda é ter uma vantagem maior; a terceira é vencer sem sofrer gols em casa. Não podemos inverter a ordem das coisas. Ganhar é muito bom, mas há diferenciação nas vitórias. Tenho certeza que se nos comportarmos bem aqui, iremos nos comportar bem lá”, observou o treinador.

O retrospecto do Cruzeiro como mandante na Copa do Brasil é de 100%. Até aqui, o time bateu Campinense, por 3 a 2 (1ª fase); Vitória, por 2 a 1 (3ª fase); Botafogo, por 1 a 0 (oitavas de final); e Corinthians, por 4 a 2 (quartas de final). Na segunda fase, diante do Londrina, não houve necessidade de disputar o duelo de agendado para o Mineirão.

No domingo, Mano Menezes optou por escalar um Cruzeiro praticamente reserva diante do Vitória, pela 32ª rodada do Campeonato Brasileiro, no Barradão. Apesar da estratégia arriscada, o time celeste se comportou bem defensivamente e conseguiu um gol de cabeça com o volante Ariel Cabral, que garantiu o triunfo por 1 a 0. O resultado fez a equipe se manter em 13º, agora com 41 pontos, a seis do rubro-negro baiano, 17º colocado. E, sem dúvidas, elevou os ânimos para a Copa do Brasil.

O comandante cruzeirense explicou os motivos que o levaram a tirar da partida nada menos que seis titulares absolutos: Bruno Rodrigo, Edimar, Robinho, Henrique, Rafael Sobis e Ramón Ábila (os três primeiros entraram no segundo tempo). “A gente não poupou jogadores para quarta-feira. A gente colocou contra o Vitória quem tinha melhores condições físicas. Vínhamos de uma sequência desgastante e, para poder equilibrar essa questão física, não tinha outro caminho. Não adianta dizer que confio em todo o grupo e colocar alguém com 50% de condicionamento. Tinha que colocar quem estava 100%. Os que não atuaram, se recuperaram para a semifinal. Precisamos de força grande contra uma equipe de força física que nem o Grêmio. Temos que, no mínimo, igualar isso”.

Diferentemente dos mineiros, o Grêmio entrou com time titular diante do Internacional, mas não passou de empate sem gols diante de sua torcida. Em entrevista à imprensa local, o técnico Renato Gaúcho, que concedeu descanso apenas ao meia Douglas, chegou a dizer que o Cruzeiro estava em vantagem por ter poupado jogadores, fato que foi categoricamente descartado por Mano Menezes.

"Conversinha para boi dormir. Lá no Sul isso é chamado de 'pega ratão’. Ele (Renato) é experiente e sabe disso. O Cruzeiro não imagina num Grêmio mais desgastado. Não é assim. Ele também fez isso lá contra o Santos, com jogadores importantes que não iniciaram o jogo na Vila. Isso se faz em jogos diferentes para se equilibrar o plantel. Vamos esperar um Grêmio muito forte e vamos para encarar esse Grêmio".

Com o retrospecto de sempre ter avançado diante do Grêmio em mata-matas, o Cruzeiro terá casa cheia e expectativa de recorde de público pagante em 2016 no Mineirão. Nesta terça, o clube divulgou parcial de ingressos com mais de 50 mil unidades vendidas.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 brunodaniel07 | Jo�o Pinheiro | 26-10-16 08h50min
Esse é o típico jogo q a equipe mais q tudo precisa ser calma, fria e calculista. Pra mim a primeira ordem seria não tomar gol, pois uma vitória sem tomar gols seria excepcional, mas caso ela não aconteça, um 0 a 0 também não é de se desprezar. Jogos de Copa do Brasil são jogos de inteligência e é isso o q o Cruzeiro mais precisa nesse jogo. Confio na vitória hj, jogando com calma e inteligência vai ficar 2 a 0 pra nós!
 Twitter 

 Notícias   rss
20/05 - 06h48 [1 coment.]
CBF confirma confronto diante da Chapecoense para o Independência 

20/05 - 06h26 [3 coment.]
Programação de atividades do futebol profissional até 28 de Maio 

19/05 - 18h36 [1 coment.]
Cruzeiro sofre revés ante rival pelo Campeonato Mineiro Sub-20 

19/05 - 08h58 [1 coment.]
Zezé Perrella remarca reunião para eleição de novo Conselho Fiscal 

19/05 - 08h27 [6 coment.]
Cruzeiro amarga nova derrota para Flu em apresentação vexaminosa 

18/05 - 09h07 [1 coment.]
Raul comemora recorde mundial de invencibilidade de gols sofridos 

18/05 - 07h07 [1 coment.]
Em dia de manifestação internacional, Cruzeiro fica em silêncio 

17/05 - 19h41 [1 coment.]
Sada Cruzeiro contará com o ponteiro argentino Facundo Conte  

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster