Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 18-07-18 01h42min  |  Fonte: Superesportes - UAI |  Qtd Leituras: 350
Cruzeiro anuncia novo vice-presidente executivo financeiro


O Cruzeiro já tem um novo vice-presidente executivo financeiro. Após a renúncia de Divino Alves, na última quarta-feira, José Osvaldo Cardoso Sobrinho, 62 anos, assume o cargo na diretoria celeste. A informação foi antecipada pelo jornal Hoje em Dia.

Natural de Bom Despacho, o novo dirigente já fazia parte do setor financeiro do clube. Ele é graduado em Administração de Empresas, com pós e MBA em Gestão Estratégica de Negócios na USP. No currículo, o novo vice-presidente financeiro tem passagem pela empresa mineradora Vale SA e pela siderúrgica CSN.

Renúncia de Divino

O ex-vice executivo financeiro do Cruzeiro, Divino Alves de Lima, 60 anos, comunicou sua saída do clube em uma carta interna, que vazou nas redes sociais, na última quarta-feira. No texto, fica clara a frustração do dirigente.

´Não tive a habilidade necessária para conviver com o contraditório pelo meu excesso de transparência, contundência e retidão!`, diz parte da carta.

Na última sexta-feira, o Cruzeiro divulgou uma nota de Divino, reiterando as divergências com a gestão do presidente Wagner Pires de Sá, porém, disse que elas são ‘normais e salutares ao ambiente corporativo’. O ex-dirigente rechaçou que a saída foi motivada por ‘negócios indevidos ou obscuros’.

Divino assumiu o financeiro do clube no início da administração do presidente Wagner Pires de Sá, em janeiro de 2018. Ele fez carreira em bancos e tinha mais de 36 anos de experiência no mercado financeiro.

Divino estava irritado com a pouca responsabilidade financeira do departamento de futebol do Cruzeiro.

Vale lembrar que a Raposa está endividada. Balanço de 2016 mostra dívida total de R$ 361 milhões. Pesa ainda o fato de o clube ter quase R$ 50 milhões em débitos em ações na Fifa. Em alguns casos, a diretoria negocia os pagamentos pendentes das compras de jogadores, como ocorreu, por exemplo, com Arrascaeta e Ramón Ábila - este último já resolvido.

Apesar dessa situação financeira, o Cruzeiro investiu muito em 2018: Bruno Silva (R$ 6 milhões ), Mancuello (R$ 5,8 milhões ), David (R$10 milhões ) e Fred (pode pagar R$ 10 milhões dependendo de uma decisão judicial).

Isso sem falar nos salários altos. Fred mantém o mesmo patamar salarial do Atlético e Edílson veio para o clube celeste recebendo muito mais do que ganhava no Grêmio.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
17/07 - 14h52 [1 coment.]
Cruzeiro garantiu R$ 5,4 mi e pode ganhar 'bolada' na Copa do Brasil 

17/07 - 12h43 [3 coment.]
Mano é ironizado por sua avaliação dos 44 mil no Mineirão 

17/07 - 10h03 [1 coment.]
Pentacampeão, Cruzeiro completa 150 jogos pela Copa do Brasil 

17/07 - 08h57 [2 coment.]
Arrascaeta se iguala a Willian em artilharia na 'era novo Mineirão 

17/07 - 08h35 [1 coment.]
Torcida do Cruzeiro registra maior público em oitavas da CopaBr 

17/07 - 07h21 [2 coment.]
Arrascaeta é o herói da classificação às quartas da CopaBr 2018 

17/07 - 06h59 [2 coment.]
Marcone Barbosa deixa Comunicação e assume Gerência do Futebol 

16/07 - 07h33 [5 coment.]
Cruzeiro busca vaga nas quartas de final da Copa do Brasil 2018 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster