Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 16-12-18 17h56min  |  Fonte: Cruzeiro - Site Oficial |  Qtd Leituras: 315
22 anos da conquista do bicampeonato da Copa do Brasil


Poucos times têm relação tão próxima e confortável com a Copa do Brasil como o Cruzeiro. Atual campeão do torneio e recordista de títulos ao lado do Grêmio, o pentacampeão trilha na competição uma caminhada repleta de confrontos épicos e históricos, que entraram para o painel de partidas inesquecíveis da história do futebol brasileiro.

Um destes confrontos aconteceu há exatos 22 anos. Foi em 19 de junho de 1996 que a Raposa mostrou sua força e calou um Parque Antártica lotado, que viu atônito à virada de 2 a 1 no placar sobre o Palmeiras, à época considerado por muitos uma verdadeira seleção.

Naquela noite, Roberto Gaúcho e Marcelo Ramos sacramentaram uma conquista que se desenhou a partir de 13 de março daquele ano, quando a caminhada começou em Rio Branco-AC, no empate em 1 a 1 com o Juventus local no jogo de ida da 1ª fase. O gol celeste foi marcado pelo meia Uéslei. Na volta, goleada celeste por 4 a 0 (Marcelo Ramos (2), Ueslei e Edmundo).

Na fase seguinte, de oitavas de final, o adversário foi o tradicional Vasco. Logo no jogo de ida, o Cruzeiro encaminhou sua classificação ao golear o time carioca em São Januário por 6 a 2, gols de Ueslei, Gelson, Roberto Gaúcho, Marcelo Ramos, Palhinha e Edmundo. Na segunda partida, realizada no estádio Independência, Marcelo Ramos marcou no empate em 1 a 1.

Embalado na competição, o Cruzeiro teve pela frente nas quartas de final o Corinthians. A exemplo da fase anterior, a equipe estrelada praticamente decidiu a eliminatória no jogo de ida, ao vencer em Belo Horizonte por 4 a 0, com gols marcados por Nonato, Célio Lúcio, Cleison e Palhinha. Em São Paulo, o time da casa ganhou por 3 a 2, com Marcelo e Roberto Gaúcho anotando os tentos estrelados.

Na semifinal, um clássico que se tornaria comum na Copa do Brasil: Cruzeiro e Flamengo fizeram dois jogos bastante equilibrados e a Raposa conseguiu a classificação pelo gol qualificado. Após o empate em 1 a 1 no Maracanã (gol de Cleison), as duas equipes empataram sem gols no Mineirão, na partida em que o Cruzeiro registrou seu maior público naquela edição, quando 84.414 torcedores acompanharam a classificação cinco estrelas para a grande final.

Comandado pelo técnico Levir Culpi, o Cruzeiro tinha a difícil missão de parar o Palmeiras na grande final. Maior sensação do futebol brasileiro naquela oportunidade, o time paulista era comandado por Vanderlei Luxemburgo e tinha em seu elenco atletas como Cafu, Rivaldo, Luizão e Djalminha.

No jogo de ida, disputado no Mineirão, Cláudio, de falta, abriu o placar para os visitantes. Artilheiro, Marcelo Ramos empatou a partida aos 16 minutos do segundo tempo e a decisão foi para São Paulo em condição de igualdade.

Na noite de 19 de junho de 1996, quase 30 mil pessoas lotaram o Parque Antártica apostando que o Palmeiras bateria o Cruzeiro como vinha fazendo com a maioria de seus adversários naquela temporada.

Aos 5 minutos de jogo, o atacante Luizão abriu o placar para o time da casa. Mas não foi o bastante para superar a força e a envergadura da pesada camisa celeste. Roberto Gaúcho, aos 25 minutos da primeira etapa, empatou a partida com oportunismo. Quando o jogo caminhava para os pênaltis, Marcelo Ramos aproveitou falha de Veloso e marcou um dos gols mais importantes de sua carreira, aos 36 minutos da etapa complementar.

Era o gol do título estrelado, que conquistou a Copa do Brasil pela segunda vez, três anos após seu primeiro caneco. De lá para cá, a Raposa ainda copou nas edições de 2000, 2003 e 2017.


TRAJETÓRIA DO BI CAMPEONATO (1996)

PRIMEIRA FASE
13 de março - Juventus/AC 1 x 1 Cruzeiro - José de Melo
20 de março - Cruzeiro 4 x 0 Juventus - Independência

OITAVAS DE FINAL
28 de março - Vasco 2 x 6 Cruzeiro - São Januário
17 de abril - Cruzeiro 1 x 1 Vasco - Independência

QUARTAS DE FINAL
24 de abril - Cruzeiro 4 x 0 Corinthians - Independência
10 de maio - Corinthians 3 x 2 Cruzeiro - Pacaembu

SEMIFINAL
28 de maio - Flamengo 1 x 1 Cruzeiro - Maracanã
5 de junho - Cruzeiro 0 x 0 Flamengo - Mineirão

FINAL
14 de junho - Cruzeiro 1 x 1 Palmeiras - Mineirão
19 de junho - Palmeiras 1 x 2 Cruzeiro - Parque Antártica

FICHA TÉCNICA - PALMEIRAS 1 x 2 CRUZEIRO

Motivo: Finalíssima da Copa do Brasil
Data: 19/06/1996
Local: Parque Antártica, em São Paulo-SP
Público: 29.636
Renda: R$ 481.260,00

Árbitro: Sidrack Marinho-SE

Palmeiras: Veloso, Cafu, Sandro, Cléber e Júnior; Cláudio (Reinaldo), Amaral, Marquinhos (Cris), Djalminha e Rivaldo; Luizão. Técnico: Vanderlei Luxemburgo

Cruzeiro: Dida; Vitor, Célio Lúcio, Gelson e Nonato; Fabinho, Ricardinho, Cleison e Palhinha (Edmundo); Roberto Gaúcho e Marcelo Ramos. Técnico: Levir Culpi

Gols: Luizão, aos 5, e Roberto Gaúcho, aos 25 min. do 1º tempo; Marcelo Ramos, aos 36 min. do 2º tempo

Cartões amarelos: Júnior, Cláudio, Sandro e Luizão (Palmeiras); Cleison, Fabinho e Edmundo (Cruzeiro)


PROMOÇÃO - CRUZEIRO.ORG

Comente no site e ganhe UM ingresso (Setor Amarelo Superior)

Libertadores 2018

Cruzeiro x Flamengo
29/8 (quarta-feira), às 21h45
Mineirão

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

Não há comentários para esta notícia.

 Twitter 

 Notícias   rss
08/12 - 07h36 [3 coment.]
Cruzeiro: raio-X da situação contratual do elenco 

07/12 - 17h00 [1 coment.]
Torcida do Cruzeiro rompe 1 milhão de presentes na Toca 3 em 2018 

02/12 - 06h12 [4 coment.]
Cruzeiro enfrenta Bahia no Pituaçu em ritmo de despedida 

01/12 - 19h31 [3 coment.]
Cruzeiro anuncia que recusou proposta de negociação de Romero 

30/11 - 10h19 [1 coment.]
Tríplice Coroa - 15 anos de feito histórico no futebol brasileiro 

29/11 - 18h36 [2 coment.]
Sada Cruzeiro despede-se do Mundial de Clubes com vitória 

28/11 - 19h40 [2 coment.]
Cruzeiro cede ao Palmeiras (SP), direitos sobre o lateral Mayke 

28/11 - 18h48 [1 coment.]
Da Arquibancada - Procuram-se Sombras - Gustavo Nolasco 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster