Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** AZUL ESCURO - O Filme. Seu Lúcio e a história do cruzeirenses de Novo Airão (AM) ***

 Atualizado em 17-02-19 03h49min  |  Fonte: UOL - Blog do Rodrigo Mattos |  Qtd Leituras: 365
A pedido da Rede Globo, CBF irá remanejar calendário de estaduais


A CBF criou um grupo de trabalho formado por presidentes de federações para discutir o futuro dos Estaduais, especialmente para o calendário de 2020. Não há intenção de acabar com as competições: a ideia é achar soluções para reformar e salva-las. A comissão foi montada nesta semana após uma posição da Globo que pede uma revisão no calendário e que se repense os regionais.

Primeiro, ressalte-se que o fim dos Estaduais em 2020 – possibilidade levantada pelo presidente do Conselho do Atlético-PR, Mário Celso Petraglia – é não só improvável como praticamente impossível no atual cenário. Há barreiras contratuais e políticas que impedem isso.

O Estadual do Rio tem contrato até 2024 com previsão de multa por rescisão, embora o Flamengo só tenha assinado até o próximo ano. O Estadual de São Paulo tem contrato até 2021. Outros, como o Pernambucano, têm acordo até 2022.

Mas a Globo deu, sim, sinais de desinteresse crescente e de querer mudanças. Por exemplo, a Federação do Rio Grande do Sul assinou 2021, mas, a partir do próximo ano, esse acordo pode ser rompido ou reduzido sem o pagamento de multa. ´Garantido mesmo está até 2019. A preocupação é grande'', afirmou o presidente da Federação do Rio Grande do Sul, Francisco Noveletto, que fala em transformar seu campeonato em uma ´Champions League`.

Outros Estaduais foram abandonados pela emissora ou têm propostas de valores inferiores, como ocorre com o Paranaense. No Nordeste, por exemplo, a Copa do Nordeste tem mais força que as competições dos estados – com exceção, talvez, de Pernambuco.

Internamente, houve conversas entre Globo e CBF sobre o assunto. Há resistência na diretoria da confederação para uma mudança drástica de redução de Estaduais. Dentro da confederação, há o argumento de que as competições dão emprego para jogadores e revelam atletas.

A verdade é que são o motivo das sobrevivência das federações que elegem o presidente da CBF. Mas alguns dirigentes na entidade defendem alguma redução das competições.

Além de abrir datas e reformar o calendário para 2020, a realidade econômica se impõe no debate. A Globo tem menos dinheiro para investir em competições, já que teve de gastar mais com Brasileiro e Libertadores. Aliado a isso, a concorrência da Turner será fraca ou inexistente nas renovações dos Estaduais, que tiveram preços inflados pela possibilidade da Globo perde-la.

Neste cenário, as 18 datas dos campeonatos regionais passam a ocupar considerável espaço no calendário, espremendo as competições mais importantes. Com o seu grupo de trabalho, a CBF quer tornar as competições mais atrativas.

Uma das soluções pensadas por membros do grupo é uma fórmula única para todos os Estaduais, o que daria um padrão a todas as competições. Anteriormente, houve a ideia de alongar as competições durante o ano, o que sofre resistência dos presidentes de federações.

O grupo vai ter que equilibrar a vontade da CBF, que quer manter satisfeitos seus aliados, e dar alguma resposta ao melorcado, que cobra mudanças em favor de um calendário mais enxuto com jogos relevantes.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 15-11-18 13h45min
Pelo texto confirma-se o conluio da GLOBO com a CBF. E os estaduais que nãos e curvam à Globo vão ser ferrados. Por um lado é bom (exterminar as máfias rurais do futebol), mas por outro lado, podem deter mais poder e mais dinheiro com poucos jogos... os times que não forem das séries A e B e estados que não tiverem times nas séries A e B estarão FUDIDOS !
 Twitter 

 Notcias   rss
12/02 - 09h37 [2 coment.]
Profissionais opinam sobre empréstimo de R$ 300 Millhões do Cruzeiro 

12/02 - 08h26 [0 coment.]
Conselho aprova empréstimo de R$300 milhões com fundo internacional 

11/02 - 13h58 [0 coment.]
Cruzeiro vence Tupynambás e divide liderança do Mineiro´19 

10/02 - 11h18 [1 coment.]
Desorganização, falta de estrutura e frustração completa na Toca I 

09/02 - 21h20 [0 coment.]
Sada Cruzeiro vence Corinthians e segue líder da Superliga 18/19 

08/02 - 21h26 [0 coment.]
Cruzeiro investe quase R$1 milhão para contratar jovem volante 

07/02 - 14h14 [0 coment.]
CBF modifica datas de finais da Copa do Brasil prevenindo conflitos 

06/02 - 08h27 [1 coment.]
Da Arquibancada - Não VALE Molecagem ... - Gustavo Nolasco 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster