Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** Se tiver problemas com sua senha, clique em ESQUECI MINHA SENHA e receba uma nova ***

 Atualizado em 21-04-19 23h49min  |  Fonte: Blog do Rodrigo Mattos - UOL |  Qtd Leituras: 458
Receita cobra do Cruzeiro R$ 17 MI em impostos após Profut


A Receita Federal tem uma ação de cobrança judicial contra o Cruzeiro de R$ 17 milhões por impostos não pagos após a implantação do programa Profut que inclui todos os débitos fiscais dos clubes. O processo foi iniciado pela Procuradoria Geral da Fazenda em janeiro deste ano e o valor consta como dívida ativa do cruzeirense. Houve tentativa de bloqueio do pagamento por Arrascaeta o que foi rejeitado pela Justiça Federal.

Outra ação na Justiça Federal, em que o Cruzeiro buscou obter a Certidão Negativa de Débito, mostra que havia dívidas referentes a dois meses meses de impostos de 2017 e um de 2018. São, portanto, débitos posteriores à inclusão do Cruzeiro no Profut em que parcelou seus débitos tributários antigos.

Em 2018, o Cruzeiro pagou um valor de R$ 2,3 milhões de uma primeira parcela e conseguiu obter a CND no meio do ano para receber o dinheiro da Caixa Econômica Federal. Só que, em janeiro de 2019, a Procuradoria da Fazenda Nacional entrou com ação fiscal contra o clube cobrando o valor integral. No site da Receita, o valor descrito como referente a essa ação é de R$ 17 milhões.

O Cruzeiro ofereceu um imóvel, que não é informado na ação, como garantia para o parcelamento do débito. A Receita até aceitou administrativamente, mas a Justiça não homologou por falta de um documento.

Assim, a procuradoria tentou bloquear o valor que seria pago pelo Flamengo pela transferência de Arrascaeta. A 27ª Vara Federal negou o pedido com a argumentação de que não havia ´uma situação concreta de urgência`.

´O fato de se tratar de crédito líquido, certo e exigível, mas não quitado, é fundamento para ajuizamento da execução, mas não é fundamento, em si mesmo, para realização de medidas cautelares. Ademais, não há nos autos quaisquer indícios de que o executado tentou ou tentaria se furtar ao pagamento do débito. Antes, pelo contrário, há indícios claros de que o executado tentou regularizar o débito através do parcelamento e garantiu este mesmo parcelamento através do oferecimento de um bem imóvel`, afirmou o juiz Felipe Eugênio de Almeida Aguiar, no dia 24 de janeiro.

A falta de pagamento de impostos pode excluir um clube do Profut se persistir e se a Apfut (órgão do governo) entender que não há cumprimento da lei. Outros clubes também acumularam dívidas tributárias após o Profut como é o caso do Vasco.

O blog procurou a assessoria do Cruzeiro para falar sobre o assunto, mas esta alegou que não havia nenhum dirigente disponível para comentar o caso pelos últimos dois dias. Ao programa ´Bola da Vez`, da ESPN, o vice-presidente de Futebol do clube, Itair Machado, afirmara que todos os débitos do Cruzeiro estavam parcelados e em dia: ´Hoje o Cruzeiro, vai sair o balanço agora, diminuiu uns R$ 100 milhões a dívida de dinheiro que seria de R$ 280 milhões e deve ter caído para R$ 180 MI, R$ 170 MI. E o Cruzeiro deve uns R$ 200 milhões de impostos, mas que estão parcelados e em dia`.

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 02-02-19 17h10min
Duro é ver quem se diz cruzeirense falando ´temos que esperar o balanço` ou cruzeirense se locupletando em troca de migalhas, num servilismo impressionante, e fingindo que não sabe destas coisas... e quando é informado, se cala, CRIMINOSAMENTE...
VOU REPETIR
Vocês NUNCA FORAM, NÃO SÃO e NUNCA SERÃO cruzeirenses, não passam de simpatizantes OPORTUNISTAS.
E vai piorar... nada que um título não apague TUDO da memória dos teleguiados e serviçais.
 Twitter 

 Notícias   rss
21/04 - 13h57 [2 coment.]
Cruzeiro sai perdendo e torna-se campeão com gol de Fred 

20/04 - 07h14 [0 coment.]
Cinco curiosidades do Cruzeiro para a final do Mineiro contra o rival 

20/04 - 06h39 [0 coment.]
Estaduais podem mudar para atender interesses da Rede Globo 

19/04 - 17h47 [0 coment.]
Árbitros reconhecem problemas com uso do VAR no Brasil 

18/04 - 07h32 [0 coment.]
Sada Cruzeiro encerra temporada 2018/19 com três títulos  

17/04 - 19h19 [0 coment.]
Cruzeiro avança às semifinais da Copa do Brasil Sub-20 com empate 

17/04 - 18h25 [0 coment.]
Cruzeiro apresenta réplica sobre acusação em caso de aliciamento 

16/04 - 00h15 [1 coment.]
Balanço será votado pelo Conselho e traz registros preocupantes 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2019 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster