Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Cruzeiro.Org® - Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS ***

 Atualizado em 21-09-19 04h00min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 394
Cruzeiro perde para o Inter (RS) e amarga desclassificação na CopaBr


O Cruzeiro terá que buscar em outra oportunidade sua nona final de Copa do Brasil. Depois de perder por 1 a 0 no Mineirão, no jogo de ida, o time celeste voltou a ser derrotado pelo Internacional, desta vez por 3 a 0, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Guerrero (2x) e Edenílson marcaram para os gaúchos nesta quarta-feira e sacramentaram a eliminação celeste nas semifinais.

A Raposa até teve alguns lapsos de inspiração nos 45 minutos iniciais de jogo, mas foi controlada no segundo tempo e praticamente não assustou Marcelo Lomba. Chamou atenção na partida a quantidade de passes errados (50) pelo time de Rogério Ceni, a dificuldade de realizar transições rápidas e a desorganização tática na etapa final.

O outro finalista da Copa do Brasil será o Athletico-PR. O Furacão superou o Grêmio nos pênaltis, na Arena da Baixada, e garantiu vaga na decisão do torneio mata-mata. As datas das finais ainda não estão confirmadas, mas a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) sorteará os mandos já na manhã desta quinta-feira, em evento no Rio de Janeiro.

Pelo Brasileirão, o próximo compromisso do Cruzeiro é diante do Grêmio. Mineiros e gaúchos medem força neste domingo, às 11h, no Independência. A partida não será realizada no Mineirão em função de um festival sertanejo marcado para o Gigante da Pampulha.


O JOGO

Diferentemente do que se imaginava, Internacional e Cruzeiro iniciaram o duelo no Beira-Rio sem muitas análises e com muito volume. Logo no primeiro minuto, o Colorado aproveitou falha de Dedé na saída de bola e quase marcou. O zagueiro se recuperou para impedir finalização de Guerrero e, em seguida, Henrique bloqueou rebote de Edenilson.

A resposta celeste veio no lance seguinte, aos 2’. Pedro Rocha recebeu de Marquinhos Gabriel dentro da área, finalizou, e Marcelo Lomba fez importante defesa. Na sobra, David, mesmo livre de marcação, desperdiçou a chance.

Embora com maior posse de bola, o Cruzeiro não conseguiu criar novas chances até o fim da primeira metade. Por outro lado, o Inter assustou pelo menos em quatro ocasiões. O Cruzeiro, que optou por sair jogando em detrimento dos chutões em quase todas as ocasiões, encontrou dificuldades para fazer as transições com agilidade.

O time de Rogério Ceni voltou a ter uma chance de gol apenas aos 32’. Marquinhos Gabriel avançou pelo meio e foi travado por Victor Cuesta. No rebote, Thiago Neves, de primeira, buscou o ângulo, mas a bola raspou a trave esquerda de Marcelo Lomba.

Sete minutos depois, aos 39’, o Inter não desperdiçou a chance que teve. Dedé errou na saída de bola, Nico López recuperou a posse, fintou Jadson e encontrou D’Alessandro na direita. O argentino cruzou na área para Guerrero, que, livre de marcação, finalizou de cabeça, sem chances para Fábio. 1 a 0.

Na volta do intervalo, mudanças na formação: Dedé, com uma torção no tornozelo, deixou o time para a entrada de Ariel Cabral. Henrique foi deslocado para a primeira linha defensiva.

Não necessariamente por causa das alterações, mas o Cruzeiro iniciou o tempo final cometendo erros parecidos aos da etapa inicial, com passes equivocados e extrema dificuldade para fazer as transições com agilidade. O Internacional aproveitou os erros e amassou o time celeste, mesmo à frente do placar.

Aos 24’, Guerrero ampliou o placar com um golaço no Beira-Rio. Nico López recebeu na área, dominou na coxa e lançou o peruano, que dominou no peito antes de finalizar cruzado, com precisão, no ângulo de Fábio. 2 a 0. Edenilson ainda aproveitou contra-ataque, aos 44', para marcar de cobertura e determinar a goleada colorada no Sul. 3 a 0.

O terceiro e último tento também sacramentou a classificação do Internacional, que enfrentará o Athletico-PR na grande decisão da Copa do Brasil.


ATUAÇÕES

Por GloboEsporte.Com

Fábio faz o que pode para parar o ataque gaúcho, principais peças da Raposa não funcionam, e Dodô destoa na derrota de 3 a 0 no Beira-Rio, que resulta na queda na Copa do Brasil

Fábio - Segurou a pressão inicial do Internacional, apareceu com boas defesas, e não teve culpa nos gols que sofreu. Nota: 6,0

Dodô - Atuação bastante apagada. Não apoiou no ataque e, em alguns momentos, caminhou em campo, como no lance do segundo gol de Guerrero, quando deu condição para o atacante peruano. Nota: 4,5

Henrique - No primeiro tempo, jogou na sua posição, como volante, e ficou sobrecarregado na marcação. Na segunda etapa, com a saída de Dedé, foi deslocado para a zaga, onde ia bem até o terceiro gol do Colorado. Nota: 5,5

As notas para os jogadores do Cruzeiro: Fábio(6), Jadson(5), Dedé(5), Ariel Cabral(5), Fabrício Bruno(5), Dodô(4,5), Henrique(5,5), Robinho(5,5), Marquinhos Gabriel:(5,5), Thiago Neves(5,5), Pedro Rocha(5), Fred(5,5), David(5).


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 84

Vitórias: 29
Empates: 23
Derrotas: 32
Saldo: -3

Gols marcados: 105
Gols sofridos: 109
Saldo: -4

Partida Anterior (Jogo 83)
Cruzeiro 0 x 1 Inter - 07/ago/2019
Copa do Brasil - Semifinal
Toca 3 - Belo Horizonte (MG)


CURIOSIDADES

Pela Copa do Brasil
Tradicionais rivais do futebol brasileiro, em competições nacionais e internacionais, Cruzeiro e Internacional estão se enfrentando pela primeira vez pela Copa do Brasil.

No Rio Grande do Sul
As duas equipes se enfrentaram 43 vezes no Rio Grande do Sul, nas cidades de Porto Alegre (41 jogos), Caxias do Sul (1) e Novo Hamburgo (1), com nove vitórias do Cruzeiro, nove empates e 25 vitórias do Internacional. O Cruzeiro marcou 39 gols e sofreu 66.

Nos 41 confrontos em Porto Alegre, nos estádios Beira-Rio (37 partidas), Olímpico (3) e Eucaliptos (1), o Cruzeiro venceu 7, empatou 9 e perdeu 25, com 34 gols feitos e 64 sofridos.

Em todos os confrontos (37) no estádio Beira-Rio, ocorreram sete vitórias do Cruzeiro, nove empates e 21 vitórias do Internacional. O Cruzeiro marcou 30 gols e sofreu 55.

Artilheiros
5 gols – Joãozinho
3 gols – Heyder, Leonardo, Palhinha, Rafael Sobis e Roberto Batata


FICHA TÉCNICA

INTERNACIONAL 3 X 0 CRUZEIRO

Motivo: jogo de volta das semifinais da Copa do Brasil
Local: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)
Data e horário: 4 de setembro de 2019 (quarta-feira), às 21h30

Público Pagante: 41.768
Público Presente: 45.768
Renda: R$2.369.469,00.

Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Alessandro Álvaro Rocha de Matos(BA) e Fabricio Vilarinho da Silva(GO)

Responsável pelo VAR: Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral (SP)

Internacional - Marcelo Lomba; Bruno, Moledo, Victor Cuesta e Uendel (Sarrafiori); Rodrigo Lindoso, Edenílson e Patrick; D'Alessandro (Rafael Sobis), Nico López (Nonato) e Guerrero. Técnico: Odair Hellmann

Cruzeiro - Fábio; Jadson, Dedé (Ariel Cabral), Fabrício Bruno e Dodô; Henrique e Robinho (Éderson); Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David; Pedro Rocha (Fred). Técnico: Rogério Ceni

Gols: Guerrero (aos 39’1ºT e aos 24’2ºT) e Edenílson (aos 44'2ºT)


(*) Com material de Cruzeiro Site Oficial / Cruzeiro.Org / GloboEsporte.Com / Portal UAI

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 05-09-19 15h52min
E tem torcedor achando que com Edílson teríamos um final diferente...
Ô POVINHO sem noção !!!
 pyxis | BHZ | 05-09-19 15h56min
Melhor em campo: Fábio
Pior em campo: TNeves
Herói do Jogo: Não Houve
Vilão do jogo: TNeves
Minhas Notas: Fábio(6,5); Jadson(5), Dedé(5), ACabral(4), Fabrício(6), Dodô(5), Henrique(6), Robinho(5), Éderson(Sem Nota), MGabriel(3), TNeves(2), David(4), Pedro Rocha(4), Fred(Sem Nota). Rogério Ceni(6).
 marco | Curitiba | 05-09-19 16h11min
Quando vi a escalação com Jadson já pressenti o que viria. Ele simplesmente não acerta nada que faz e não só no jogo de ontem. Muitos jogadores tiveram atuações pífias (TN, Robinho, P. Rocha, M. Gabriel, David). Com a saída do Dedé e a improvisação do Henrique na zaga o time se perdeu de vez. R. Ceni terá muito trabalho para acertar o time e fazer a renovação necessária. Alguns jogadores já começaram a criticá-lo. Vamos ver se a diretoria vai bancá-lo ou não.
 _vitor | Vitoria | 05-09-19 16h49min
Eu já esperava o Jadson na lateral, principalmente depois que foi publicado que o Ceni chamou ele pra conversar separado. E foi sim um acerto! Jadson não é bom, ninguém fala isso, mas certamente era melhor opção. Eu até pensava que o Edílson deveria ter jogado contra o CSA para ganhar ritmo pro jogo de hoje, mas lembram o que ele aprontou quando entrou no final?! Errou de novo e nos custou 2 pontos! O Jadson não foi bem no primeiro gol, não conseguiu parar o Nico, mas o culpado maior foi o Dedé!
 _vitor | Vitoria | 05-09-19 16h57min
Pra mim, o Ceni errou quando não colocou o Léo no lugar do Dedé. O time continuou sem saída de bola e ficou muito exposto, embora tenha que buscar resultado e era natural que ficasse com defesa aberta. O problema na saída de bola, ao meu ver, aconteceu muito pq o time ficou espaçado.. Parecia que alguns jogadores jogaram a toalha! Agora, quem garante que se não fosse essas 'invenções' do Ceni as coisas seriam melhores?! Eu não faria o que ele fez, mas ele tinha que tentar algo diferente mesmo!
 _vitor | Vitoria | 05-09-19 17h04min
E a declaração do Thiago Neves foi canalha! Não jogou nada e vai pro microfone queimar o treinador com 4 jogos! Tomou as dores do Edílson, patético! Espero que o Ceni afaste esse cara, não aguento mais ver a nossa 10 com ele. Que se livrem dele, do Edílson e do Egídio, pra começar!
 mrr | Natal | 06-09-19 06h12min
A desclassificação já era algo esperado vide o que tim tinha apresentado os últimos meses. Mas o placar elástico tem influência direta na substituição do Dede e na lateral com Jadson. Os medalhões irão fazer pressão, a diretoria sem moral alguma nada poderá fazer. Esse é o retrato do caos do CEC. Sem mais!
 _vitor | Vitoria | 06-09-19 16h02min
mrr, só pra te lembrar as ultimas 3 partidas do medalhão Edílson: Entrou no final do jogo do CSA, errou e nos custou a vitoria. Entrou no segundo tempo contra o Avaí e com sua delicadeza usual tomou dois amarelos e foi expulso. E antes disso, jogou justamente contra o Inter e de novo foi expulso pq deu uma cotovelada na boca do Nico.
 pyxis | BHZ | 10-09-19 03h49min
Infelizmente, o IMEDIATISMO do torcedor cega a todos... e a mídia adora...
Venho escrevendo que o buraco é mais fundo... mais escuro... mais terrível...
 Twitter 

 Notcias   rss
17/09 - 11h12 [1 coment.]
´Azul Escuro` vence Cinefoot e será exibido em festival italiano 

17/09 - 10h05 [1 coment.]
Gord Perrin, canadense, motivado para atuar pelo Sada Cruzeiro 

16/09 - 20h09 [1 coment.]
Duda e Micaelly comemoram goleada na estreia da Seleção 

16/09 - 17h03 [1 coment.]
Léo sofreu fratura na clavícula durante partida contra o Palmeiras 

15/09 - 02h11 [1 coment.]
Sada Cruzeiro é derrotado pelo América, no Mineiro 2019 

14/09 - 21h41 [3 coment.]
Crise: Cruzeiro segue sem vencer fora de casa no Brasileiro´19 

14/09 - 18h29 [1 coment.]
Sub-15 encerra primeira fase do Mineiro na liderança 

13/09 - 21h23 [1 coment.]
FMF divulga tabela do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS - Contatos para Webmaster