Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** AVISO - Se sua SENHA não estiver funcionando, peça uma nova que será enviada para seu e-mail - Se seu e-mail atual não estiver cadastrado, CADASTRE ***

 Atualizado em 17-02-20 09h29min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 265
Cruzeiro empata com São Raimundo e classifica-se na CopaBr 2020


Com muita determinação e superação, o Cruzeiro empatou com o São Raimundo-RR, em 2 x 2, na noite desta quinta-feira, no estádio Canarinho, em Boa Vista, Roraima, e se classificou para a segunda fase da Copa do Brasil.

Edu e Alexandre Jesus marcaram os gols do Cruzeiro, que foi bastante prejudicado pela arbitragem e jogou com um atleta a menos durante parte do segundo tempo, com a expulsão de Edu aos 33 minutos.

O Boa Esporte eliminou o Vilhenense ao empatar com a equipe de Rondônia em 1 x 1 na quarta-feira e será o próximo adversário celeste na competição nacional.


O JOGO

Mesmo com o gramado sem estar em perfeitas condições, o Cruzeiro não demorou a se adaptar ao campo e dominou as ações no início da partida.

Logo aos 3 minutos, Mauricio aproveitou rebote da zaga, após bela jogada de Alexandre Jesus, e chutou forte, mas a bola resvalou em Alan Caruaru e saiu à linha de fundo.

O time da casa respondeu com uma finalização de Vanílson, para fora.

Bem melhor em campo, a Raposa quase abriu o marcador, aos 16, em um chute de Roberson, que explodiu no travessão.

Pouco tempo depois, Jhonata Robert recebeu a bola de Maurício e chutou colocado, com muito perigo, à esquerda de gol.

Aos 25, Alex cobrou falta para a área, Belão, em impedimento, cabeceou e a bola sobrou para Veracruz marcar. O árbitro Alexandre Vargas Tavares de Jesus validou o lance e o São Raimundo saiu na frente com um gol irregular.

O Cruzeiro não se abateu e seguiu em busca do gol, como no chute perigoso de Maurício, que Eder colocou para escanteio.

A superioridade cinco estrelas surtiu efeito aos 34, com o gol de empate, marcado pelo zagueiro Edu, que jogou improvisado de volante. O garoto de 19 anos, revelado pelas divisões de base do Cruzeiro, roubou a bola de Vanílson dentro da área, após cobrança de escanteio, e bateu forte, sem chance alguma para o goleiro. 1 x 1

A virada quase veio no último lance da primeira etapa, em um chute de Jhonata Robert, que o zagueiro Alan Caruaru se jogou no lance e conseguiu evitar o gol. O bola bateu na mão do atleta do São Raimundo, mas o árbitro não marcou pênalti e prejudicou o Cruzeiro novamente.

Igualdade

A Raposa manteve o ritmo no início do segundo tempo e marcou o segundo gol aos 4 minutos, com Alexandre Jesus desviando um chute de Maurício, de dentro da área. Cruzeiro 2 x 1.

Com o domínio das ações, o time mineiro criou chances para ampliar, em escanteios cobrados por Maurício, e cabeceios de Alexandre Jesus e Léo, o primeiro deles acima do gol e o outro bem defendido pelo goleiro Eder.

Empurrado pela torcida local, que compareceu em bom número na reinauguração do estádio, o São Raimundo empatou aos 20 minutos, em um chute cruzado de Stanley, após lançamento de Alex.

Aos 33, Edu recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso da partida, deixando o Cruzeiro com inferioridade numérica na partida.

O lance animou ainda mais o time roraimense, que se mandou de vez para o ataque, mas a equipe celeste, muito bem postada na defesa, não deu mais chances para o adversário e conquistou a classificação.

Ao final da partida, os atletas do Cruzeiro saudaram os torcedores cinco estrelas, que apoiaram o maior vencedor da Copa do Brasil durante todo o jogo.


ATUAÇÕES

Por GloboEsporte.Com

Atuações: defesa não vai bem em jogo de poucos pontos positivos do Cruzeiro
Defesa cruzeirense falha durante a partida com o São Raimundo-RR, mas ataque também não consegue ter grande volume de produção.

Edu - Há de se ressaltar que o jovem foi improvisado no meio de campo, já que a posição de origem é a zaga. Ajudou o Cruzeiro na classificação, marcando o primeiro gol da Raposa, mas não foi bem atuando no meio de campo, perdendo boa parte das disputas e complicando o time nos últimos minutos ao ser expulso. Nota: 3

Alexandre Jesus - Fez uma boa partida, atuando pela faixa esquerda do ataque do Cruzeiro, puxando jogadas de velocidade e prendendo a marcação e a bola, principalmente nos minutos finais de jogo quando o time estava com um a menos. Além disso, ajudou na classificação ao marcar o segundo gol cruzeirense. Nota: 6,5

Arthur - Entrou com a missão de segurar o jogo e dar mais segurança à defesa nos últimos minutos de jogo e cumpriu bem o objetivo, sendo o mais lúcido entre os jogadores da defesa nos minutos finais. Nota: 6,5

As notas para os jogadores do Cruzeiro:

Fábio(5), Edilson(4), Léo(4,5), Cacá(5), João Paulo(5), Edu(3), Adriano: 5,5
Jhonata Robert(4), Judivan(5,5), Pedro Bicalho(6,5), Maurício(6), Arthur(6,5), Alexandre Jesus(6,5), Roberson(5).


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 1

Vitórias: 0
Empates: 1
Derrotas: 0
Saldo: 0

Gols do Cruzeiro: 2
Gols do São Raimundo: 2
Saldo de gols: 0


CURIOSIDADE

O Cruzeiro enfrentou, pela primeira vez na história, o São Raimundo Esporte Clube, atual tetracampeão estadual, da cidade de Boa Vista, capital de Roraima, estado da Federação onde o Cruzeiro também nunca havia atuado.

Foi o jogo de reinauguração do pequeno Estádio Flamarion Vasconcelos, mais conhecido como Canarinho, depois de mais de dez anos com os portões fechados.



FICHA TÉCNICA

SÃO RAIMUNDO-RR 2 X 2 CRUZEIRO

Motivo: 1ª fase da Copa do Brasil
Data: 13/02/2020 (quinta-feira)
Local: Estádio Canarinho, em Boa Vista-RR

Árbitro: Alexandre Vargas Tavares de Jesus-RJ (CBF-AB)
Gols: Veracruz, aos 25 min., e Edu, aos 34 min. do 1º tempo; Alexandre Jesus, aos 4 min., e Stanley, aos 20 min. do 2º tempo

São Raimundo-RR: Eder; Alex, Veracruz, Alan Caruaru e Bruno Maia; Belão (Clebinho), Juca Maranhão (Igor Felipe), Ygor e Emerson; Marcos Felipe e Vanílson (Stanley). Técnico: Chiquinho Viana

Cruzeiro: Fábio; Edilson, Cacá, Léo e João Lucas; Adriano, Edu e Mauricio (Arthur); Jhonata Robert (Judivan) (Pedro Bicalho), Alexandre Jesus e Roberson. Técnico: Adilson Batista

Cartões amarelos: Eder, Juca Maranhão, Alex, Alan Caruaru e Igor Felipe (São Raimundo); Edilson (Cruzeiro)
Cartão vermelho: Edu (Cruzeiro)

(*) Com material de Cruzeiro Site Oficial

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 14-02-20 09h09min
Jogo de superação e que os avaliadores deveriam ser mais inteligentes.
Melhor em campo: Alexandre Jesus
Pior em campo: Edílson
Herói do jogo: Alexandre Jesus
Vilão do jogo: Edílson
Minhas Notas: Fábio(5), Edilson(3), Cacá(4), Léo(4,5), João Lucas(5); Adriano(5), Edu(4), Mauricio(6), Arthur(6), Jhonata Robert(4), Judivan(5), Pedro Bicalho(5), Alexandre Jesus(6,5), Roberson(5,5). Adilson Batista(6).
 Twitter 

 Notícias   rss
16/02 - 07h18 [0 coment.]
Sada Cruzeiro vence UPCN e é 7 vezes campeão da América do Sul  

15/02 - 18h56 [0 coment.]
COLAPSO: Aliados de Wagner Pires são hostilizados na Sede Campestre 

15/02 - 10h27 [0 coment.]
Cruzeiro adquire direitos econômicos e federativos do atacante Thiago 

15/02 - 08h49 [0 coment.]
COLAPSO: Cruzeiro lança, bem tardiamente, Portal da Transparência 

15/02 - 05h44 [0 coment.]
COLAPSO: Cruzeiro e o goleiro Rafael acertam rescisão de contrato 

14/02 - 23h30 [0 coment.]
Sada Cruzeiro vence EMS Taubaté e busca hepta Sul-americano 

14/02 - 07h45 [1 coment.]
Cruzeiro empata com São Raimundo e classifica-se na CopaBr 2020 

13/02 - 21h14 [1 coment.]
Cabulosas ganham sua segunda partida pelo Brasileiro Feminino A1 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - ANO 21 - Contatos para Webmaster