Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notícias   

*** ATENÇÃO - Atualize seus dados e concorra a ingressos para jogos na Toca III ***

 Atualizado em 22-09-18 20h30min  |  Fonte: Superesportes - UAI |  Qtd Leituras: 970
Cruzeiro vence Tupi e aumenta vantagem na semifinal do Mineiro´18


O Cruzeiro aumentou a vantagem nas semifinais do Campeonato Mineiro ao vencer o Tupi por 1 a 0, na noite desta quarta-feira, no Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora.

O personagem da partida foi o volante Ariel Cabral, que marcou o tento da vitória celeste logo no primeiro minuto do segundo tempo e recebeu cartão vermelho aos 25min. O atacante Raniel, com boa movimentação no setor ofensivo e finalizações perigosas, também se destacou.

O Cruzeiro passou por uma situação inusitada antes da partida contra o Tupi. O ônibus que levava a delegação celeste do hotel até o estádio apresentou problemas mecânicos no meio do caminho. A alternativa? Transporte coletivo! Os jogadores foram de ´balaio` rumo ao Radialista Mário Helênio e encararam o imprevisto de maneira bem-humorada. Dentro de campo, tudo já estava definido pelo técnico Mano Menezes. Era o mesmo time que venceu o Patrocinense no último sábado, por 2 a 0, em jogo único das quartas de final.

A expectativa do Cruzeiro era manter a posse de bola diante de um Tupi possivelmente retrancado. Só que o Galo Carijó quis jogar de igual para igual, até porque recebeu apoio significativo nas arquibancadas e precisava vencer para inverter a vantagem do time celeste – detentor do direito de se classificar com dois empates ou vitória e derrota pela mesma diferença de gols graças à liderança na primeira fase. Os donos da casa, então, puseram-se a tocar a redonda no campo de ataque nos primeiros minutos, mas sem incomodar o goleiro Fábio.

Já o Cruzeiro criou a primeira boa oportunidade aos 13min, quando Raniel enfiou bola para Thiago Neves, que chutou em cima do goleiro Vilar. Aos 20min, o camisa 1 do Tupi voltou a aparecer, dessa vez em finalização de Raniel. Aos 30min, o herói do Tupi foi o zagueiro Sidimar, responsável por tirar a bola em cima da linha após dividida entre Renato Kayser e Thiago Neves. Se por um lado a equipe conseguiu três bons ataques, por outro pecou principalmente pelos erros de passe nas laterais.

Em meio às oscilações do time nos 45 minutos iniciais, o técnico Mano Menezes manteve a formação para o segundo tempo. E logo no primeiro minuto, o Cruzeiro abriu o placar. Raniel brigou pela bola no campo de ataque, desarmou Leo Costa e rolou para Ariel Cabral chutar de fora da área. A batida não foi tão forte, mas pegou no contrapé do goleiro Vilar: 1 a 0. O argentino contabilizou o quarto gol em 113 partidas pela Raposa.

Em situação confortável, o Cruzeiro quase marcou o segundo gol aos 18min. Raniel driblou o adversário e chutou rasteiro para boa intervenção de Vilar. Tudo corria bem, até Ariel Cabral ser expulso pelo árbitro Wanderson Alves de Souza, aos 25min, por atingir Leo Costa em disputa de bola pelo alto. O detalhe é que o meio-campista do Tupi havia acertado um soco no camisa 5 cruzeirense pouco tempo antes.

Mano Menezes, então, preocupou-se em recompor o meio-campo com Lucas Silva no lugar de Thiago Neves. Já no fim, trocou Raniel – melhor jogador em campo – e Robinho por Sassá e Mancuello. As duas últimas substituições ajudaram a 'esfriar' qualquer chance de reação do Tupi.


FICHA TÉCNICA

TUPI 0 X 1 CRUZEIRO

Motivo: jogo de ida das semifinais do Campeonato Mineiro
Local: Estádio Radialista Mário Helênio, em Juiz de Fora (MG)
Data: 21 de março de 2018 (quarta-feira)
Árbitro: Wanderson Alves de Souza (CBF)
Assistentes: Ronei Cândido Alves (CBF) e Flávio Henrique Coutinho Teixeira (CBF)

TUPI - Vilar; Rodrigo Dias, Sidimar, Wellington e Patrick Brey; Leo Costa (Thiaguinho, aos 28min do 2ºT), Leo Salino, João Vitor (Vitinho, aos 15min do 2ºT) e Tchô; Renato Kayser (Patrick, aos 42min do 2ºT) e Reis. Técnico: Ricardo Leão

CRUZEIRO - Fábio; Lucas Romero, Dedé, Murilo e Egídio; Henrique e Ariel Cabral; Robinho (Mancuello, aos 44min do 2ºT), Thiago Neves (Lucas Silva, aos 27min do 2ºT) e Rafinha; Raniel (Sassá, aos 39min do 2ºT). Técnico: Mano Menezes

Gol: Ariel Cabral, a 1min do 2ºT (CRU)

Cartões amarelos: Reis, aos 5min, Tchô, aos 31min do 1ºT (TUP); Dedé, aos 13min do 1ºT. Egídio, aos 12min, Fábio, aos 29min do 2ºT (CRU)

Cartão vermelho: Ariel Cabral, aos 25min do 2ºT (CRU)

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentários:  Clique aqui e deixe o seu comentário

 pyxis | BHZ | 21-03-18 23h57min
Jogo típico da camarilha da FMF. Péssima arbitragem, covardia de jogadores do Tupi e acomodação do Cruzeiro que podia ter ganho de muito. Este time do Tupi é ruim.
Melhor em campo: Raniel.
Pior em campo: Egídio.
Herói do jogo: Ariel
Vilão do jogo: Thiago Neves
Minhas notas: Fábio(6), Romero(6,5), Dedé(6), Murilo(6,5), Egídio(4), Henrique(7), ACabral(7,5), Robinho(6), Mancuello(Sem nota), TNeves(4,5), Lucas(5), Rafinha(6); Raniel(8), Sassá(Sem Nota). Mano Menezes(5)
 fabio velame | Governador Valadares | 22-03-18 11h25min
Diante da arbitragem típica de FMF,Raniel e Mancuello poderiam ter forçado o terceiro amarelo. Ainda estão pendurados e podem ficar de fora de uma das finais. O Cabral também tá pendurado, pois levou o vermelho direto.
 fabio velame | Governador Valadares | 22-03-18 11h27min
O Mano substitui todo mundo, mas não tira o Rafinha. Apesar da teimosia do treinador, o Cruzeiro tá bem acima dos rivais é só perde o título no apito!
 _vitor | Vitoria | 22-03-18 20h19min
Arbitragem bizarra. Não sei como nenhum jogador do cruzeiro saiu machucado, o time do Tupi batia demais! Só entravam de sola! E mais uma péssima partida do Thiago Neves! A desculpa de ontem foi o gramado. E depois falam que quem é preguiçoso é o Arrascaeta.. Não entendi pq o Mano usou o velho 4-2-3-1. O time joga bem melhor no 4-3-3, com Robinho mais centralizado. Alias, Robinho é um que se não jogar mais deve perder a vaga pro Mancuello.
 mrr | Natal | 25-03-18 19h56min
Boa noite! Assisti o jogo, pela TV, e fiquei surpreso pelo no posicionamento ofensivo do Tupi e pela postura do nosso time. Enquanto o visitante estava 100 km/he, a raposa ainda estava tentando fazer o carro pegar, o que me preocupa em relação a libertadores, pois basta alguns minutos de sonolência como o de hoje, para a vaca ir para o brejo.
 mrr | Natal | 25-03-18 20h02min
TN 10, como bem comentou no intervalo, sabe que o Cruzeiro precisa melhorar, ter constância, mas fica difícil quando nem treinador ajuda. A questão do Bruno Silva, excelente peça, mas que não está jogando na sua posição de origem. Aliás, apesar de suas qualidades, na minha opinião, contratação desnecessária, pós já tínhamos 4 bons jogadores no setor. Esse inchaço desmotiva alguns, e creio que o Bruno seja um desses. Vai entender os bastidores, né? ,
 mrr | Natal | 25-03-18 20h08min
Por falar em jogadores e contratações desnecessárias, Fred, investimento de altíssimo risco, e que agora ficará de molho. Ohhh mau olhado Heim?! Bom para o nosso jovem centroavante quem vai sobrar em 2018. Quanto não jogo, gostei do Robinho, Romero e TN. Nosso setor continua muito fragilizado. Thats all Folks!
 mrr | Natal | 25-03-18 20h12min
Erratas: pós > pois quanto não jogo > quanto ao jogo ....
 Twitter 

 Notícias   rss
22/09 - 18h22 [0 coment.]
Sub-17 fica no empate na primeira partida da semifinal do estadual 

20/09 - 03h35 [12 coment.]
Insólita expulsión por medio del VAR 

19/09 - 12h45 [1 coment.]
Cruzeiro enfrenta seu grande rival na Libertadores, na Argentina  

17/09 - 21h03 [2 coment.]
Cruzeiro embarca para enfrentar Boca Juniors sem Arrascaeta 

17/09 - 18h14 [1 coment.]
Cruzeiro apresenta a lista dos jogadores na sequência da Lib´18 

17/09 - 09h22 [0 coment.]
Atletismo consegue bons resultados na Europa e em provas no Brasil 

17/09 - 08h26 [4 coment.]
Atlético Mineiro emite nota de repúdio a cântico de sua torcida 

17/09 - 07h45 [2 coment.]
Cruzeiro empata com rival, atuando com seus jogadores reservas 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org® 1999-2018 - Site Oficial da Torcida - Contatos para Webmaster