Ola visitante, Clique aqui para conectar ao site

 Home   |   Blog PHD   |   Charges   |   Colunistas   |   Notcias   

*** Cruzeiro.Org® - Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS ***

 Atualizado em 21-09-19 04h01min  |  Fonte: Cruzeiro.Org (*) |  Qtd Leituras: 533
Cruzeiro faz ótima apresentação e vence na estreia de novo técnico


Na estreia do técnico Rogério Ceni, o Cruzeiro mostrou bom poder de criação e venceu o Santos por 2 a 0, neste domingo, no Mineirão, pela 15ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A partida teve sabor especial para o atacante Fred. Ele entrou aos 24 minutos de jogo, no lugar do lateral-esquerdo Egídio, e marcou o primeiro gol celeste, após assistência de Thiago Neves. Na etapa complementar, o camisa 9 retribuiu o ‘favor’, colocando o armador em boas condições para chutar de fora da área e ampliar a vantagem. O placar só não foi mais dilatado porque o goleiro Everson fez quatro boas defesas.

Com o resultado em Belo Horizonte, o Cruzeiro chegou a 14 pontos, encerrou sequência de 11 partidas sem vitória no Brasileiro (O último triunfo havia sido sobre o Goiás, em 5 de maio, no Mineirão, por 2 a 1) e saiu da zona de rebaixamento. Quem entra no Z4 é o Fluminense, derrotado pelo CSA, por 1 a 0, em pleno Maracanã. Os cariocas caíram para 18º, com 12 pontos, já que a Chapecoense venceu o Avaí por 1 a 0, na Arena Condá, em Chapecó.

A próxima partida do Cruzeiro no Brasileiro será contra o CSA, domingo (25), às 19h, no Estádio Rei Pelé, em Maceió. O triunfo no Rio de Janeiro fez o time alagoano chegar a 11 pontos. Já o Santos, que segue na liderança da competição, com 32 pontos, receberá o Fortaleza, ex-clube de Rogério Ceni, no mesmo dia, às 16h, na Vila Belmiro.


O JOGO

Rogério Ceni surpreendeu ao divulgar a escalação do Cruzeiro com o lateral-esquerdo Dodô de volante. Os testes foram realizados nos treinamentos fechados à imprensa durante a semana. Na zaga, Fabrício Bruno substituiu Leo, vetado por causa de desgaste muscular na coxa direita, enquanto Robinho ficou no banco de reservas para a entrada de Fred. Com isso, David e Marquinhos Gabriel foram os homens de velocidade pelas pontas. E Pedro Rocha funcionou como referência no ataque.

A expulsão de Gustavo Henrique, do Santos, logo aos 3 minutos de jogo, foi crucial para a superioridade cruzeirense. No lance, o defensor alvinegro derrubou Pedro Rocha, que se preparava para entrar na grande área ao receber passe de David. O árbitro Anderson Daronco deu continuidade ao lance, porém foi alertado por Caio Max Augusto Vieira, responsável pelo VAR, de que houve irregularidade. No vídeo, Daronco atestou a falta de Gustavo e lhe aplicou cartão vermelho. Em vez de colocar um zagueiro de ofício para preencher a lacuna, o técnico Jorge Sampaoli mandou a campo o lateral-direito Pará no lugar de Evandro.

Com um jogador a mais, o Cruzeiro encurralou o Santos e superou índice de 60% na posse de bola. Aos 13 minutos, o time criou a primeira chance de perigo. David arrancou pela esquerda e tocou para Pedro Rocha, que errou no domínio. Na sobra, Dodô bateu com o pé esquerdo e obrigou Everson a se esticar para espalmar. Aos 16 minutos, foi a vez de Marquinhos Gabriel puxar da direita para o meio e chutar forte, porém no centro da meta. Já aos 19 minutos, Thiago Neves apareceu livre na grande área, mas calculou mal a finalização e isolou a redonda.

Rogério Ceni decidiu aumentar o poder ofensivo aos 24 minutos, colocando o atacante Fred no lugar de Egídio. Nos primeiros instantes, o meio-campo ficou vulnerável, visto que Dodô retornou à lateral esquerda e apenas Henrique dava combate. O treinador fez alguns ajustes e acertou o posicionamento. E o Cruzeiro deu sequência ao futebol criativo. Aos 27 minutos, Thiago Neves arriscou de fora da área e exigiu outra grande intervenção de Everson. A bola ainda bateu no travessão antes de ir à linha de fundo. Aos 39’, Pedro Rocha se aproveitou de passe errado de Jorge, mas falhou no passe para TN10, que entrava na grande área sem marcação.

Por fim, aos 43 minutos, os mais de 40 mil torcedores no Gigante da Pampulha comemoraram. Acionado por Thiago Neves, Fred ajeitou na grande área e finalizou no canto direito de Everson: 1 a 0. Eufórico na celebração, o camisa 9 não balançava a rede desde 23 de abril, na vitória por 2 a 0 sobre o Deportivo Lara, na Venezuela, pela fase de grupos da Copa Libertadores. Foram 16 jogos de jejum. Aos 46 minutos, quase veio o segundo, mas Everson espalmou o chute de Thiago Neves. Já aos 51 minutos, foi a vez de Fábio trabalhar, em cobrança de falta de Carlos Sánchez. A bola do uruguaio buscou o ângulo esquerdo, e o camisa 1 salvou a Raposa.

Na volta para o segundo tempo, o Cruzeiro resolveu a parada. Logo no primeiro minuto, Fred fez o ‘paredão’ em cima da defesa santista e escorou para Thiago Neves, que bateu no canto esquerdo e fez 2 a 0. Outras oportunidades foram criadas ao longo da etapa complementar. Aos 3’, David concluiu ao lado, após passe de Orejuela. Aos 13’, Orejuela arrematou, e Everson rebateu. Aos 37’, Fred só não fez o segundo dele porque Jorge tirou a bola praticamente em cima da linha. Nos acréscimos, a bola chutada por Rocha da entrada da área resvalou na defesa do Santos e saiu por trás da meta.


ATUAÇÕES

Por GloboEsporte.Com

Fred
O jejum também serve para acabar, ainda que demore. Na maior seca da carreira, Fred entrou no Mineirão como reserva. Mas soube inverter a situação e aproveitar o inesperado. Entrou ainda no primeiro tempo no lugar de Egídio, para avançar o time do Cruzeiro - que jogava com um a mais. No fim da etapa final, recebeu lindo passe por cima da zaga e, com força física e chute certeiro, abriu o placar. No início do segundo tempo, fez bem o pivô e serviu Thiago Neves, que ampliou o marcador. Nota: 7,5

Thiago Neves
Com atuações ruins nos últimos jogos sob comando de Mano Menezes, o principal jogador do Cruzeiro também se redimiu. Primeiro, apareceu muito bem arriscando fora da área e chegou a carimbar o travessão de Everson, goleiro santista. Depois, calibrou o pé e desferiu finalização indefensável para garantir a vitória celeste na estreia do técnico Rogério Ceni. Nota: 7,5

Fabrício Bruno
Escolhido para substituir Léo - com problemas musculares -, Fabrício entrou em campo ouvindo instruções de Dedé, e fez um jogo à altura do companheiro. Seguro, bem posicionado e ainda importante na saída de bola. Por fim, pegou o papel do titular (que se lesionou na partida) para ajudar o jovem Cacá a manter a defesa da Raposa sem levar gol do Santos. Nota: 7,0

Notas: Fábio: 6,5, Orejuela: 6,5, Dedé: 6,5, Cacá: 6,0, Fabrício Bruno: 7,0, Egídio: 6,0, Fred: 7,5, Henrique: 6,5, Dodô: 7,0, Thiago Neves: 7,5, Marquinhos Gabriel: 6,5, David: 6,5, Robinho: 6,0, Pedro Rocha: 7,0.


ESTATÍSTICAS DO JOGO

Gols marcados: 2
Gols sofridos: 0
Gols com assistências: 2

Finalizações certas: 10
Finalizações erradas: 9
Finalizações com assistências: 15

Passes certos: 528
Passes errados: 28

Cruzamentos certos: 4
Cruzamentos errados: 21

Lançamentos certos: 7
Lançamentos errados: 9

Desarmes certos: 13
Desarmes errados: 2

Faltas cometidas: 15
Faltas sofridas: 7


ESTATÍSTICAS DO CONFRONTO

Jogos: 82

Vitórias: 30
Empates: 22
Derrotas: 30
Saldo: 0

Gols marcados: 118
Gols sofridos: 129
Saldo: -11

Partida Anterior (Jogo 81)
Cruzeiro 2 x 1 Santos - 23/set/2018
Brasileiro
Toca 3 - Belo Horizonte (MG)


CURIOSIDADES

No Campeonato Brasileiro
Cruzeiro e Santos se enfrentaram 65 vezes pelo Campeonato Brasileiro desde 1966, quando as duas equipes disputaram a final e o Cruzeiro foi campeão. Foram 25 vitórias do Cruzeiro, 18 empates e 22 vitórias do Santos. O Cruzeiro marcou 90 gols e o Santos 93.

Em Minas Gerais
As duas equipes disputaram 40 partidas em Minas Gerais, quase todas em Belo Horizonte, exceções da vitória do time paulista por 1 x 0 em Juiz de Fora, em 1994, pela Copa Dener, e do empate em 1 x 1, em 2011, na Arena do Jacaré, em Sete Lagoas, pelo Brasileirão.
Ao todo, foram 14 vitórias do Cruzeiro, 13 empates e 13 vitórias do Santos, com o Cruzeiro marcando 65 gols e sofrendo 60. Pelo Brasileirão, em Minas Gerais, foram 30 partidas, com 10 vitórias, 13 empates e 7 derrotas, marcando 46 gols e sofrendo 35.

No Mineirão
Foram 33 confrontos no Mineirão, com 14 vitórias do Cruzeiro, 12 empates e 7 triunfos da equipe visitante. A Raposa marcou 54 gols e sofreu 35. No Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro, houve 28 confrontos. O Cruzeiro venceu 10, empatou 12 e perdeu 6, com 45 gols marcados e 30 sofridos.

Em decisão
Cruzeiro e Santos decidiram o título brasileiro de 1966. O campeão foi a Raposa, que venceu as duas partidas. Fez 6 x 2, no Mineirão, e 3 x 2, no jogo da volta, no Pacaembu, de virada, depois de estar perdendo por 2 x 0.

Artilheiros
8 gols – Dirceu Lopes
6 gols – Tostão
3 gols – Aristizábal, Cleison, Fred, Thiago Neves e Willian


FICHA TÉCNICA

CRUZEIRO 2 X 0 SANTOS

Motivo: 15ª rodada do Campeonato Brasileiro
Estádio: Toca 3
Data: domingo, 18 de agosto de 2019

Árbitro: Anderson Daronco
Assistentes: Rafael da Silva Alves e Elio Nepomuceno de Andrade Júnior (RS)
VAR: Caio Max Augusto Vieira (RN)

Público Presente: 43.604
Público Pagante: 36.975
Renda: R$ 629.491,00

CRUZEIRO - Fábio; Orejuela, Dedé (Cacá, aos 7min do 2ºT), Fabrício Bruno e Egídio (Fred, aos 24min do 1ºT; Henrique e Dodô; Marquinhos Gabriel, Thiago Neves e David (Robinho, aos 22min do 2ºT); Pedro Rocha. Técnico: Rogério Ceni

SANTOS - Everson; Evandro (Pará, aos 8min do 1ºT; depois Luiz Felipe, no intervalo), Lucas Veríssimo, Gustavo Henrique e Jorge; Carlos Sánchez (Alison, aos 16min do 2ºT, Diego Pituca e Felipe Jonatan; Derlis González, Sasha e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli

Gols: Fred, aos 43 minutos do primeiro tempo, e Thiago Neves, a 1 minuto do segundo tempo (Cruzeiro)

Cartões amarelos: Fred, aos 30min, Thiago Neves, aos 49min do 1ºT (Cruzeiro); Jorge Sampaoli, aos 48min do 1ºT (Santos)

Cartão vermelho: Gustavo Henrique, aos 3min do 1ºT (SAN)

(*) Com dados de Cruzeiro Site Oficial / Cruzeiro.Org / Footstats / Portal UAI

/elo


Cruzeiro.Org - 25 anos

Comentrios:  Clique aqui e deixe o seu comentrio

 pyxis | BHZ | 19-08-19 09h22min
Uma excelente estreia do técnico.
Parece que conseguiu ´motivar` alguns jogadores.
A apresentação de TNeves e as finalizações ao gol PROVAM, inequivocamente, que alguns jogadores estavam boicotando o Mano Menezes... declarações recentes de TNeves, Fred, Egídio são lapidares.
Vamos em frente e teremos um returno MUITO promissor.
 pyxis | BHZ | 19-08-19 09h28min
Uma apresentação destas dá nota boa para todo mundo, mas sempre tem um pior do que o outro.
Melhor em campo: TNeves
Pior em campo: Pedro Rocha
Herói do jogo: TNeves
Vilão do jogo: David
Não costumo justificar avaliações. David poderia ser o herói e só não foi o pior pois brilhou no 1o lance do jogo. Errou muito e decisivamente.
Pedro Rocha teve boa atuação, mas pecou ´desapareceu` e errou em muitos momentos.
TNeves mostrou que jogador derruba técnico.
 pyxis | BHZ | 19-08-19 09h31min
Minhas Notas
Fábio(6), Orejuela(6,5), Dedé(6), Cacá(6), Fabrício(7), Egídio(6), Fred(6,5), Henrique(6), Dodô(7), MGabriel(5,5), TNeves(8), David(5,5), Robinho(Sem Nota), PRocha(5). Rogério Ceni(8).
 marco | Curitiba | 19-08-19 10h04min
Início muito bom do R. Ceni, entretanto a expulsão do zagueiro do Santos logo no início facilitou muito. Vamos aguardar as próximas partidas para ver a real evolução do time. A mudança de atitude de alguns jogadores ficou clara. Realmente a relação com o MM devia estar muito desgastada. Até jogador que não temos ganhou avaliação (Fabrício) tamanha a empolgação de alguns. :)
 pyxis | BHZ | 19-08-19 10h26min
Como são as coisas, né mesmo ???
Em partidas recentes, com jogador expulso, do time adversário, o Cruzeiro PIOROU...
1) A substituição após expulsão foi um grande mérito e evolução.
2) Qual o nome do zagueiro que entrou em campo como titular ao lado do Dedé?
;-)
 heliosangueazul | So Paulo | 19-08-19 11h03min
Ótima estreia do técnico, outra mentalidade, a continuar assim, com certeza veremos o Cruzeiro jogando bonito e impondo respeito aos adversários. Nada contra o Mano, ou quase nada, afinal nos deu títulos, mas fosse ele ontem, após o primeiro gol, mandaria o time recuar e segurar o resultado. Pelo que vi ontem, posso dizer que aumentou minha esperança de conseguirmos disputar a final da CB. Porém, muito vai depender dos dois próximos jogos pelo campeonato brasileiro.
 mrr | Natal | 19-08-19 12h27min
A expulsão teve mérito do treinador celeste e principalmente do jogador que a torcida escolheu para Crista, David, quem arrancou lá de trás e fez um lançamento que há muito não se via. O Pedro Rocha errou tanto quanto o primeiro vem sendo poupado pela torcida. Ceni já se mostra diferenciado na escalação. Quanto a retirada do Egídio, apesar do gol do Fred, perdemos opção pela esquerda.
 mrr | Natal | 19-08-19 12h31min
Pyxis e Helio, entendo que os jogadores haviam perdido a fé no estilo manobol, não vejo como motim. O Mano até tentou colocar o time para cima, mas faltava fé, os desgaste já era perceptível. O Ceni vem com uma oxigenação necessária, e mostrou isso muito bem já nos treinamentos e na escalação de ontem.
 mrr | Natal | 19-08-19 12h32min
Pyxis, a atuação do Fabruno e depois do Cacá foi de encher de esperança a alma de qualquer cruzeirense.
 _vitor | Vitoria | 19-08-19 16h53min
Surpreendente a partida do Cruzeiro ontem, parecia outro time. Valorizou a posse de bola, soube tocar bem e trabalhar as jogadas ofensivas. Jogou como time grande! Thiago N. fez uma das melhores atuações com a camisa celeste, até o David mostrou bem mais disposição.. Gostei bastante do Ceni. A indicação que vai colocar o Robinho de segundo volante me agradou, acho que dará certo. Fabrício Bruno e Cacá mostraram que estamos muito bem servidos de zagueiro. Inicio promissor da era Ceni!
 Twitter 

 Notcias   rss
17/09 - 11h12 [1 coment.]
´Azul Escuro` vence Cinefoot e será exibido em festival italiano 

17/09 - 10h05 [1 coment.]
Gord Perrin, canadense, motivado para atuar pelo Sada Cruzeiro 

16/09 - 20h09 [1 coment.]
Duda e Micaelly comemoram goleada na estreia da Seleção 

16/09 - 17h03 [1 coment.]
Léo sofreu fratura na clavícula durante partida contra o Palmeiras 

15/09 - 02h11 [1 coment.]
Sada Cruzeiro é derrotado pelo América, no Mineiro 2019 

14/09 - 21h41 [3 coment.]
Crise: Cruzeiro segue sem vencer fora de casa no Brasileiro´19 

14/09 - 18h29 [1 coment.]
Sub-15 encerra primeira fase do Mineiro na liderança 

13/09 - 21h23 [1 coment.]
FMF divulga tabela do Campeonato Mineiro de Futebol Feminino 

>> Mais noticias
 Publicidade 


Cruzeiro.Org Desde 1999 - Site Oficial da Torcida - 20 ANOS - Contatos para Webmaster